Vereadores decidem prorrogar os trabalhos da CEI para apurar ‘irregularidades’ do Itaú em Poá
Os trabalhos executados pela Comissão praticamente não foram divulgados pelos vereadores e pela comunicação da Câmara de Poá, o que indica ser uma investigação silenciosa quando não deveria/ Foto: Divulgação

Na sessão ordinária da última terça-feira, 15, os vereadores de Poá prolongaram por mais noventa dias os trabalhos da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que busca apurar supostas irregularidades do Banco Itaú no município.

O requerimento da vereadora Patrícia Bin do Testinha (PSDB), presidente da Comissão, foi aprovado por unanimidade por todos os vereadores.

Na justificativa do requerimento, a parlamentar alega que a solicitação para prorrogação da CEI, prende-se ao fato de que remanesce o trâmite de procedimentos essenciais para elucidação dos fatos a serem apurados.

O que chama atenção desta CEI, é que o prazo dela antes da prolongação seria encerrado no dia 21 deste mês e os trabalhos executados pela Comissão praticamente não foram divulgados pelos vereadores e pela comunicação da Câmara de Poá, o que indica ser uma investigação silenciosa quando não deveria.

O Jornal Oi deve questionar nos próximos dias como está o andamento dos trabalhos e o que foi apurado pela Comissão até o presente momento e se já foi constatado alguma irregularidade do Banco Itaú no município.