Valverde diz que o presidente é responsável pela execução de um petista por um bolsonarista fanático e alerta para imbecilização causada pela Internet
“Quem não se lembra daquele vídeo feito lá no Acre (em 2018) onde presidente pega o tripé de uma filmadora, simula uma metralhadora e diz ‘vamos metralhar a petralhada’”, lembra Valverde/ Foto: Divulgação
Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde

Na manhã desta segunda-feira, 11, a reportagem do Jornal Oi está questionando lideranças políticas e partidárias de Suzano e da região do Alto Tietê sobre o que a sociedade civil e as instituições precisam fazer (agora) para evitar uma escalada de violência e mortes no processo eleitoral brasileiro desde ano.

O exemplo foi a execução por um fanático bolsonarista de um militante do PT (que estava comemorando seu aniversário) ocorrida em Foz de Iguaçu neste final de semana.

O primeiro a se manifestar foi a advogado, ex-vereador e pré-candidato a deputado estadual pelo PT em Mogi das Cruzes, Rodrigo Valverde.

Todas as manifestações serão publicadas pelo Jornal Oi nas próximas horas e dias.

Um veículo de comunicação sério, comprometido com a sociedade e com a democracia não pode fazer de conta que nada está acontecendo diante de uma situação tão grave quanto essa.

Confira as manifestações de Valverde

Esse absurdo tem dois motivos principais: o péssimo exemplo do líder maior. Quem não se lembra daquele vídeo feito lá no Acre (em 2018) onde presidente pega o tripé de uma filmadora, simula uma metralhadora e diz ‘vamos metralhar a petralhada’.  

Quando o líder maior faz, isso os que estão abaixo (os seguidores) se sentem legitimados a ter o mesmo comportamento. Isso é muito grave.

O outro fator é justamente a alienação que a Internet causou nas pessoas. No mundo inteiro a direita usa a manipulação, as fakes news e imbecilizam as pessoas.

Não tem outro nome para um imbecil que entra em festa de um aniversário de petista, atira e mata é um imbecil.

O primeiro fator é que no dia 2 de outubro nós vamos cuidar o Brasil dessa doença. Cuidar da primeira causa dessa doença que o bolsonarismo. 

Com a derrota do Bolsonaro nas urnas, vamos começar a resolver essa tragédia, mas mesmo com a derrota do Bolsonaro, o bolsonarismo ainda vai existir em razão da imbecilização das pessoas pela Internet.

Os bolsonaristas ainda não vão perdurar por muito tempo e infelizmente ainda não tenho receita para tratar dos efeitos causados pela  Internet.

As instituições precisarão tomar medidas para conter o avanço da imbecilização promovida pela Internet e o surgimento de figuras como o Bolsonaro e outras parecidas com ele pelo mundo afora. 

É preciso conter a alienação psicológica em massa que a Internet tem produzido no mundo todo. 

Países que não entraram nas principais redes sociais contiveram a imbecilização em passa, as redes sociais são importantes, mas é preciso impedir que as redes sociais continuem promovendo a desinformação, a imbecilização e a violência pelo mundo.