O Alto Tietê terá mais vacinas contra a Covid nesta semana? Talvez. SP terá novas restrições nesta semana? Com certeza
A reportagem questionou a Secretaria Estadual de Saúde sobre alguma data definida para a chegada de novas doses da vacina para Suzano e cidades vizinhas e até o fechamento desta matéria não obteve retorno/ Foto: Divulgação
Tenda Atacado

Na manhã desta segunda-feira, 22, o Jornal Oi primeiro questionou o Condemat sobre uma data prevista ou definida para a chegada de novas doses da vacina contra a Covid-19 nas cidades do Alto Tietê.

Ainda na manhã desta segunda-feira a reportagem questionou a Secretaria Estadual de Saúde sobre alguma data definida/prevista para a chegada de novas doses da vacina para Suzano e cidades vizinhas, isso porque em vários municípios as doses já acabaram.

A Secretaria de Saúde não respondeu as perguntas por escrito.

No meio da tarde um assessor de imprensa do secretário de Saúde do Estado fez contato por telefone para dizer que a pasta não tinha (não tem) a informação sobre quais cidades desta região já estão sem a vacina e disse que no YouTube haveria informações sobre a provável chegada ainda nesta semana.

No site da Secretaria Estadual não foi localizada nenhuma informação sobre a possível chegada ou não de novas doses.

Por outro lado, ainda na tarde desta segunda-feira, 22, o Centro de Contingência em São Paulo antecipou que o governo paulista anunciará novas restrições recomendadas pelo próprio comitê para tentar conter a disseminação do novo coronavírus no Estado.

João Gabbardo, coordenador-executivo do grupo, lembrou que São Paulo atingiu um novo recorde de pessoas internadas em UTIs com Covid-19, e que por esse motivo foram feitas “recomendações extraordinárias” à gestão do governador João Doria (PSDB).

“O Centro de Contingência apresentou recomendações extraordinárias. O governo está fazendo a análise, preparando atos do ponto de vista jurídico e essas medidas serão anunciadas na quarta-feira (24) para entrar em vigor na sexta-feira (26)”, afirmou Gabbardo durante entrevista coletiva sobre a pandemia, após citar o recorde histórico de 6.410 pessoas internadas em UTIs no estado registrado nesta segunda.

Na região de Araraquara, por exemplo, a circulação da variante de Manaus já provocou um colapso no sistema de saúde na semana passada e quatro cidades estão vivendo um lockdown rígido, no qual nem supermercados podem funcionar.

Gabbardo explicou que as novas restrições serão adicionais às que já são previstas pelo Plano São Paulo, que divide o Estado em 17 regiões e coordena a adoção de medidas restritivas e também a flexibilização delas.

Uma última atualização do Plano foi feita na sexta-feira, 19, e entrou em vigor nesta segunda-feira.

Entre as medidas, está o prolongamento do horário para o consumo de bebidas alcoólicas em regiões que estão na fase amarela.

O confronto das informações transmitidas pela Secretaria Estadual de Saúde ao Jornal Oi e as manifestações oficiais do governo do Estado sobre novas restrições revelam que Suzano e região poderão ter mais vacinas ainda nesta semana.

Por outro lado, é certo que novas restrições serão impostas pelo governo de SP para a população. Somente 3,6% foi vacinada até agora.