Trabalho, resultados e transparência são as marcas dos 100 dias da gestão do prefeito Dr. Camargo em Arujá
Cumprindo exatamente o que prometeu na campanha eleitoral de 2020, Dr. Camargo convocou a imprensa para falar dos desafios enfrentados desde o início de janeiro em especial a luta contra a pandemia de Covid-19/ Foto: Divulgação
Colégio Eduki

Foi surpreendentemente positiva a prestação de contas dos primeiros 100 dias de governo de Arujá apresentada nesta quinta-feira, 15, pelo prefeito Luis Camargo (PSD).

Cumprindo exatamente o que prometeu na campanha eleitoral de 2020, Camargo convocou a imprensa para falar dos desafios enfrentados desde o início de janeiro em especial a luta contra a pandemia de Covid-19.

Ao lado da esposa e presidente do Fundo Social da Solidariedade, Clau Camargo, o sucessor do ex-prefeito José Luiz Monteiro, que deixou o cargo com mais de 80% de reprovação pelo povo da cidade, não falou só de Covid.

Em uma entrevista exclusiva concedida ao Jornal Oi, o chefe do Executivo arujaense destacou a retomada de obras que foram paralisadas na gestão anterior e detalhou novos projetos que serão colocadas em prática ao longo deste ano e no decorrer do mandato que se estenderá até dezembro de 2024.

As boas novidades do balanço começaram com o local definido pelo prefeito para fazer a apresentação das ações e resultados dos primeiros 100 dias.

Dr. Camargo recebeu a imprensa, iniciativa que nenhum dos novos prefeitos tomou até este momento para prestar conta dos 100 dias de governo, no Parque dos Ipês – sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

O local será transformado em um parque que oferecerá, depois da pandemia, diversas atividades esportivas e recreativas.

Antes de responder as perguntas dos jornalistas, o novo prefeito apresentou um vídeo com informações do trabalho realizado.

Dr. Camargo observou que em momentos como esses (balanço de 100 dias trabalho) não basta somente ao prefeito falar, mas sim mostrar o que foi feito e o que foi planejado para o futuro.

Ele agradeceu o empenho de todo o secretariado municipal, bem como dos secretários-adjuntos, diretores e todos os servidores da prefeitura, além de ressaltar a parceria com o vice-prefeito Betinho e o apoio da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Clau Camargo, que tem feito um amplo trabalho de arrecadação de alimentos para as famílias carentes de Arujá, duramente afetadas pela pandemia, em conjunto com a Assistência Social.

“Estamos em um momento desafiador. Aumentou muito a procura por cestas básicas, mas nesses 100 dias não deixamos de atender nenhuma pessoa que nos procurou. Agradecemos a todos os que têm nos ajudado, doando alimentos, para que nenhum arujaense passe fome”, frisou Clau Camargo.

Durante a apresentação, o prefeito disse em vários momentos que nenhum morador da cidade passará fome em razão dos esforços do governo e da solidariedade do povo.

Na luta contra a pandemia, o prefeito ressaltou o aumento de leitos promovido pela Secretaria de Saúde.

Camargo detalhou que os leitos foram aumentados de 16 para 46 entre os de UTI e ventilatórios.

O prefeito também falou do trabalho contínuo de sanitização em diversos pontos da cidade, além da criação de centrais de triagem para casos suspeitos da doença.

Evitando, dessa forma, que a população que busca atendimento para outros casos se contamine. O prefeito ainda ressaltou o sistema de agendamento para os idosos tomarem a vacina no ginásio Habib Tannuri, reformulado exclusivamente para a aplicação das doses, sem aglomerações e com menor tempo de espera.

“Foram importantes e necessárias ações que tomamos ao longo dessa pandemia. No entanto, ainda nesses 100 dias conseguimos fazer muitas outras ações, além das de combate à Covid”, complementou Dr. Camargo.

Para o vice-prefeito Betinho, os 100 dias foram realmente desafiadores, mas têm sido gratificantes, pois a cidade precisava desse dinamismo.

“Foram de muito trabalho. Houve uma alta da Covid e a nossa expectativa era que diminuíssem os casos, mas o prefeito tem feito um ótimo trabalho, tem olhado para a zeladoria da cidade, acompanhado os projetos que estavam parados e foram retomados. Minha avaliação é positiva, porque estamos tentando fazer o máximo possível para atender às pessoas carentes que estão precisando de alimento. Essa é a maior dificuldade hoje. O foco principal também foi atender a saúde nesses 100 dias e vai continuar sendo. Não vamos parar. Estamos trabalhando todos os dias e ainda mais”, analisou.

Pedra Fundamental do Hospital Municipal  

O prefeito de Arujá lembrou que o seu primeiro ato oficial, à frente da administração do município, foi à assinatura para a abertura da licitação para a construção do Hospital na cidade.

“Quero ver se ainda esse ano colocamos a pedra fundamental”, disse o prefeito em relação ao investimento de mais de R$ 35 milhões que será feito pelo governo federal para a construção do estabelecimento de saúde.

Além do Hospital Municipal, o prefeito arujaense antecipou a informação de que a cidade poderá conquistar um Hospital da Criança com investimentos de até R$ 9 milhões.  Esse hospital infantil, entretanto, ainda está na fase inicial de projetos.

Obras do INSS são retomadas na área central

Uma obra a bastante tempo parada na cidade e que foi retomada, lembrou o prefeito, foi o prédio do INSS na Vila Riman.

Dr. Camargo comentou ainda das construções da creche em período integral no Parque Rodrigo Barreto que será iniciada em breve e da Escola Municipal em período integral no bairro Jordanópolis.

“Creio que estamos construindo um novo capítulo na história de Arujá e, por isso, o trabalho não pode parar. Ainda temos muitos anos pela frente para transformar essa cidade no melhor que ela pode ser”, enfatizou o novo prefeito.

Economia de R$ 1,4 milhão, zeladoria e apoio ao comércio na pandemia 

O prefeito também falou dos trabalhos de zeladoria em toda a cidade, destacou as reformas nas escolas, a entrega do kit merenda e economia de R$ 1.400.000,00 por meio do uso de uma plataforma de ensino do Google (Google Classroom).

No segmento comercial, a prefeitura implantou o sistema drive-thru e criou mecanismos para que os tributos incidentes sobre o comércio fossem deixados para o final do ano com pagamento sem juros.

Na área empresarial e industrial, Camargo destacou a possibilidade da realização do licenciamento ambiental – o que atrairá novas empresas e investimentos para Arujá.

Delegacia de Defesa da Mulher já foi inaugurada  

Já na Segurança, a parceria da prefeitura com o governo estadual possibilitou a vinda da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) para o município.

Na infraestrutura, além da construção pela Sabesp de uma das maiores caixas d’água do Estado, que vai diminuir o problema frequente de desabastecimento em alguns bairros, foi anunciado também o processo para o esgotamento sanitário que irá do Jardim Real até o Caputera.

Assistência e Fundo Social entregaram mais de 5,5 mil cestas básicas em 100 dias 

Na Assistência Social, por meio dos diversos programas sociais, e da campanha ‘Alimente uma Vida’ e a ‘Vacinação Solidária’, do Fundo Social, o prefeito lembrou que já foram entregues mais de 5.500 cestas básicas nesses 100 dias.

“Foram 82 toneladas de alimentos distribuídas. Já o kit merenda, que são cestas básicas também, já foram mais de 4 mil. Nos programas sociais estamos atendendo mais de 6 mil famílias e o Renda Mínima ampliamos em 20% com verba municipal, atendendo 800 pessoas”, enumerou o prefeito.

Dr. Camargo pontuou ainda que com a ajuda de deputados, como Lucena, por exemplo, Arujá brevemente deverá receber os recursos para a criação do CRAS no Mirante para atender cerca de 20 mil pessoas.