Times do Alto Tietê até que melhoraram neste ano, mas não conseguiram avançar na Copa SP. O que fazer para 2023?
O balanço que a reportagem do Jornal Oi faz da participação das equipes de Suzano e de Mogi na Copa SP deste ano é que ela não foi boa, mas poderia ter sido pior/ Foto: Wanderley Costa/Secop Suzano
Campanha Tudo novo

O Jornal Oi acompanhou neste início de 2022 todos os jogos do grupo de Suzano da Copa São Paulo de Futebol Junior e um pouco mais a distância (por meio de informações da prefeitura e de veículos de comunicação de Mogi) os times do grupo que disputaram os jogos da fase de grupo no estádio Nogueirão, que continua sendo o melhor e mais bem estruturado da região.

O Jornal Oi acompanhou o desempenho do União Suzano e do União Mogi com olhar jornalístico, mas também com o olhar do torcedor que quer ver o time da sua cidade (no caso os times das maiores cidades) ganhar os jogos e se classificarem para a próxima fase da competição.

Infelizmente, em mais esse ano, os times de Suzano e de Mogi não passaram da primeira fase.

Em Mogi, Internacional (atual campeão) e Portuguesa se classificaram para a 2ª fase. A definição do Grupo 25 da competição ocorreu nessa segunda-feira, 10.

O União Mogi ficou em terceiro lugar e de fora da etapa seguinte do torneio.

Caberá ao torcedor mogiano aproveitar para ver o Inter jogando no Nogueirão nesta quarta-feira, 12, na fase de mata-mata contra o Flamengo de Guarulhos.

Em Suzano, o Usac estava com a classificação praticamente garantida antes de entrar em campo na tarde dessa segunda-feira, 10, para enfrentar o Fortaleza.

Precisava apenas de um empate para garantir o segundo lugar na chave e enfrentar o todo poderoso Corinthians na noite desta quarta-feira.

Mas o time de Suzano não teve pernas e nem equilíbrio emocional para ganhar ou ao menos segurar o empate contra o forte time do Fortaleza. Perdeu por 2 a 1 e ficou pelo caminho.

Nesta quarta o torcedor de Suzano, como consolo, poderá assistir ao jogo entre Fortaleza e Resende do RJ pelo mata-mata.

O balanço que a reportagem do Jornal Oi faz da participação das equipes de Suzano e de Mogi na Copa SP deste ano é que ela não foi boa, mas poderia ter sido pior.

Houve anos em que os times de Suzano e Mogi eram verdadeiros sacos de pancadas nos jogos da Copinha. Isso não se repetiu neste ano.

Para 2023, será fundamental que as equipes sejam formadas com antecedência e treinem (na parte física e mental) da mesma forma que os chamados times grandes.

Só assim as equipes de Mogi e de Suzano poderão subir de patamar e finalmente avançarem às próximas fases da Copinha.

Temos de torcer pelos times e cobrar mais profissionalismo dos clubes e também das prefeituras que de forma direta ou indireta podem contribuir para que as equipes  alcancem novos patamares de competitividade.