Semae lança gincana entre servidores para estimular doações para a campanha Inverno Solidário
O Fundo Social pede que os cobertores sejam entregues embalados, também visando à segurança de todos/ Foto: Divulgação

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) lançou uma gincana entre seus servidores para estimular as doações para a campanha Inverno Solidário 2021, do Fundo Social de Mogi das Cruzes, que neste ano, em função da pandemia e buscando afastar riscos de contaminação, trabalha na arrecadação de cobertores novos que serão doados a famílias em situação de vulnerabilidade, a partir das instituições sociais cadastradas.

Caixas para doação foram colocas no prédio-sede e no prédio administrativo da autarquia. Ao final da campanha, o departamento que obtiver o maior número de cobertores doados receberá um prêmio – que ainda será definido pela diretoria do Semae.

“Nossa proposta é criar uma competição saudável entre os nossos funcionários. Ao final, o maior prêmio será a solidariedade com que ajudaremos as famílias que precisam”, afirma a diretora do Departamento Administrativo, Fabiana Mota.

O Fundo Social pede que os cobertores sejam entregues embalados, também visando à segurança de todos.

“Fizemos uma série de ajustes neste ano, sempre pensando em preservar a saúde de todos. Estamos pedindo apenas cobertores novos, pois a manipulação de roupas usadas por si só já pode trazer riscos e também faremos a arrecadação de maneira cautelosa, cumprindo todos os protocolos sanitários”, explica a presidente do Fundo Social de Mogi das Cruzes, Simone Margenet Cunha.

A campanha

A campanha Inverno Solidário depende diretamente das doações, para que atinja seu objetivo maior, que é chegar àqueles que mais precisam.

Portanto, o Fundo Social conta com a colaboração de pessoas físicas e também jurídicas, como empresas da cidade, que podem mobilizar seu time de colaboradores, em torno de arrecadações.

“Toda colaboração conta e precisamos lembrar que, neste ano, o desafio é muito grande, pois a pandemia, infelizmente, fragilizou ainda mais famílias que já viviam em situação de vulnerabilidade. Portanto, contamos com a ajuda de todos, desde cidadãos comuns, grupos organizados da sociedade civil, até empresas, que normalmente se engajam e apoiam a causa”, finaliza a presidente do Fundo Social.

Quem tiver arrecadações volumosas e precisar de auxílio com recolhimento, ou qualquer dúvida a respeito do processo de arrecadação e doação, pode entrar em contato com o Fundo Social pelo telefone 4798-5143.

O Fundo Social fica no primeiro andar do prédio-sede da Prefeitura (avenida Vereador Narciso Yague Guimarães, 277 – Centro Cívico).