Sem prestar contas do seu trabalho, deputado do PT promete denunciar à ‘palhaçada’ de Bolsonaro na PGR
Segundo o deputado, Bolsonaro fez um 'comício eleitoral' utilizando a TV Brasil e acusou os indícios apresentados pelo presidente como factoides e mentiras/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Suzano

O deputado federal do PT, Alencar Santana Braga, anunciou por meio de suas redes sociais que vai representar o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) na PGR por crime de responsabilidade.

Segundo o deputado, Bolsonaro fez um ‘comício eleitoral’ utilizando a TV Brasil e acusou os indícios apresentados pelo presidente como factoides e mentiras.

Nessa quinta-feira, 29, o presidente realizou a sua tradicional Live, desta vez, com transmissão exclusiva na TV Brasil.

Antes da transmissão, Bolsonaro havia dito que iria apresentar as provas de que as últimas eleições foram fraudadas, entretanto, o mesmo alegou ter apenas indícios.

Confira a declaração realizada pelo deputado Alencar Santana por meio de suas redes sociais.

“Vou representar contra Jair Bolsonaro junto à PGR pelo crime de IMPROBIDADE diante do comício eleitoral que ele fez nesta quinta-feira usando a @TVBrasil e mobilizando recursos públicos para fazer propaganda pessoal, disseminar mentiras e criar factoides para usar na campanha”.

Diante da vergonha alheia promovida por Bolsonaro, a iniciativa do deputado Alencar Santana (que é apoiado na região pelos ex-vereadores Renato Caroba de Arujá e Rodrigo Valverde de Mogi) faz todo o sentido.

O que não faz sentido é a falta de transparência do deputado que tem base eleitoral em Guarulhos e região.

Faz praticamente dois meses que o deputado petista não responde aos questionamentos do Jornal Oi sobre o trabalho que fez para a região do Alto Tietê no atual mandato.

Abaixo o Jornal Oi destaca as perguntas que Alencar Santana precisa responder:

Jornal Oi – Quais foram às principais ações e resultados do senhor no Congresso Nacional no 1º semestre deste ano, seja em relação à  liberação de emendas para o Alto Tietê ou apresentação e aprovação de projetos de interesse da população?

Jornal Oi – Quais são, em sua avaliação, os maiores desafios do senhor, do Congresso, do governo federal e do Brasil neste 2º semestre?