Região deve receber nesta quinta-feira 21,4 mil doses para iniciar imunização de trabalhadores da Educação
No total, são 58.890 doses nesta 13ª remessa enviada pelo Governo do Estado para os 12 municípios consorciados/ Foto: Divulgação
Governo do Estado de São Paulo

A região Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê  (Condemat) deve avançar na campanha de vacinação nos próximos dias com o início da imunização de funcionários da Educação, bandeira defendida pelo Consórcio desde o início da campanha.

Está prevista para está quinta-feira, 8, a entrega de um novo lote de imunizantes na região contendo 21.470 doses destinadas aos trabalhadores da Educação acima de 47 anos, entre professores, diretores e demais funcionários de escolas estaduais, municipais e particulares.

Além disso, os municípios receberão 37.420 imunizantes para a segunda dose de idosos de 72 a 74 anos, finalizando este grupo.

No total, são 58.890 doses nesta 13ª remessa enviada pelo Governo do Estado para os 12 municípios consorciados.

Desde o fim de janeiro a região do Condemat já recebeu 425.653 vacinas contemplando grupos de trabalhadores da saúde, idosos institucionalizados, idosos acima de 68 anos e agora avança com trabalhadores da Educação.

No caso dos trabalhadores das forças de segurança, a campanha está sendo organizada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Trabalhadores da saúde continuam ficando para trás

A coordenadora da Câmara Técnica de Saúde do Condemat, Adriana Martins explicou que mesmo com o avanço nos grupos a serem vacinados ainda existe a cobrança e espera por novos imunizantes para os trabalhadores da saúde da região.

“A vacina para os trabalhadores da Educação representa um avanço significativo para toda a região e os municípios estão se organizando para atender o público da melhor maneira, assim como o atendimento que vem sendo aplicado com os idosos. Porém ainda seguimos aguardando o envio de novas doses para imunização dos trabalhadores da saúde da região, que não foram contemplados em sua totalidade”, reforçou.

Com a previsão do lote, os municípios se organizam para atender ao novo grupo, bem como para dar andamento às vacinações de idosos.

A expectativa é de que os trabalhadores de Educação da região comecem a ser imunizados a partir da próxima segunda-feira, 12.

Visualização da imagem