Rafuzinho revela que ‘apoio do presidiário Filló em 2020’ está sendo investigado e avalia o novo governo de Ferraz
O ativista fez uma avaliação negativa do trabalho da prefeita de Ferraz/ Foto: André Nunes/Jornal Oi
Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde

O ativista social e pré-candidato a deputado estadual pelo PL, Joseph Raffoul, o Dr. Rafuzinho, participou nesta quarta-feira, 15, do “Vai Encarar?” Segunda Temporada, programa de entrevistas ao vivo realizado pelo Jornal Oi que tem sede no centro de Suzano.

Rafuzinho é idealizador e gestor do programa Mutirão de Saúde que já beneficia moradores de cerca de 100 cidades e disputou a eleição para prefeito de Ferraz em 2020.

Rafuzinho obteve mais de 34% dos votos (recebeu mais de 29,3 mil votos), mas ficou em segundo lugar.

Foi eleita para comandar a prefeitura a educadora Priscila Gambale (PSDB) que contou com o apoio decisivo do deputado estadual Rodrigo Gambale (Pode), primeiro deputado (eleito em 2018) da história de Ferraz.

Durante a entrevista que teve a duração de pouco mais de uma hora, Rafuzinho falou de forma franca e objetiva sobre os objetivos de sua pré-candidatura.

O ativista fez uma avaliação negativa do trabalho da prefeita de Ferraz, cobrou apoio dos vereadores que ajudou eleger em 2020 à sua candidatura para deputado estadual e destacou o nome de lideranças políticas de Ferraz que poderão reforçar (de forma qualificada) a oposição ao governo da prefeita Priscila Gambale e do deputado Rodrigo Gambale.

Para detalhar melhor as colocações, afirmações e avaliações do deputado, o Jornal Oi vai, nos próximos dias, transcrever os principais trechos da entrevista que serão publicados aqui no site do Jornal Oi.

Logo no começo  da entrevista, Rafuzinho foi questionado sobre um vídeo que circulou em Ferraz dois dias antes da eleição.

No vídeo em questão, gravado de dentro da cadeia, o ex-prefeito Acir Filló declara o seu apoio ao então pré-candidato à prefeitura pelo PL.

“Lógico que não foi a gente que fez aquele vídeo e é importante a gente falar sobre esse fato, pois ele foi sim decisivo para o resultado da eleição. O caso está sendo investigado e quero saber quem mandou gravar aquele material com um presidiário”, ressaltou.

Sobre os resultados do novo governo em Ferraz, Rafuzinho observou que os resultados estão bem abaixo do que foi prometido (pelos Gambales).

“Existem problemas sérios na área da educação, da saúde e da segurança pública”, afirmou o ativista social.

O governo de Ferraz e o ex-prefeito Filló poderão se manifestar sobre o assunto nas próximas horas.