Hospital Santa Maria

A cidade de Mogi das Cruzes e a região do Alto Tietê, recebeu a preocupante informação relacionada ao pronto-socorro do Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, que deve passar a atender apenas casos graves de emergência a partir do próximo dia 15 de dezembro.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que os pacientes com quadros mais simples deverão procurar por unidades de Pronto Atendimento, como as UPAs e as UBS.

Segundo informações preliminares, o objetivo da ação é melhorar o funcionamento e a estrutura do hospital. Segundo a Secretaria, 73% dos atendimentos habituais do pronto-socorro do Luzia envolver pacientes com dor de cabeça, gripe e trocas de receitas médicas.

Segundo a secretaria, esses casos sobrecarregam a unidade, quando poderiam ser resolvidos em serviços de pronto atendimento.

Com essa mudança, a partir do dia 15 de dezembro, o Pronto Socorro passará a atender casos mais complexos, dos quais o hospital possui perfil para dar assistência, como por exemplo, traumas, acidente vascular cerebral (AVC), infartos e casos de vítimas baleadas.

Desta forma, vão ser atendidos com mais precisão, paciente em riscos e casos de urgência, que chegam à unidade através de ambulâncias, serviços de resgate, ou em casos de transferências vindos de outros hospitais.