Tenda Atacado

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), iniciou durante a tarde deste domingo (17) a vacinação no país, após aprovação dos imunizantes realizada pela Anvisa. A primeira brasileira a receber a vacina contra o Covid-19, é uma enfermeira do hospital Emilio Ribas e moradora do Bairro de Itaquera, Zona Leste de São Paulo, trata-se de Mônica Calazans, de 54 anos.

Ela é obesa, hipertensa e diabética. Mônica recebeu a vacinação no Hospital das Clinicas, ao lado do governador João Doria. Antes de ser aplicada a vacina, a enfermeira, que estava extremamente emocionada, relatou ao governador que foram dez meses de puro sofrimento e mortes.

Ela foi vacinada por Jéssica Pires de Camargo, 30 anos, enfermeira de Controle de Doenças e Mestre de Saúde Coletiva pela Santa Casa de São Paulo.

Apesar de ter vários fatores de risco, a enfermeira Mônica, em maio do ano passado, no auge da primeira onda da doença, se inscreveu para vagas de CTD (Contrato por Tempo Determinado), escolhendo trabalhar no Emílio Ribas, no epicentro do combate à pandemia.

Quando começaram os testes clínicos da vacina Coronavac pelo Instituto Butantã, ela também se voluntariou para os testes. No começo deste ano, ela contou em reportagem ao site do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren) que já tinha tomado duas doses e não teve nenhum tipo de reação.