Presidente Gabriel dos Santos elogia a gestão do Dr. Camargo, critica o governo federal, o Condemat e cobra mais atenção do PSD
O vereador e presidente da Câmara de Arujá, Gabriel dos Santos, concedeu uma entrevista exclusiva ao Jornal Oi nesta quarta-feira/ Foto: André Figueiredo/ Jornal Oi Diário

O vereador e presidente da Câmara de Arujá, Gabriel dos Santos (PSD), concedeu no início da tarde desta quarta-feira, 16, uma entrevista exclusiva ao Jornal Oi onde abriu o jogo sobre os mais diversos temas.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A LIVE NA ÍNTEGRA

Gabriel dos Santos que está no seu quarto mandato seguido no Legislativo aruaejense destacou a contribuição que os vereadores estão dando no processo de resgate da auto-estima dos arujaenses, que no ano passado sofreram com a pandemia da Covid e com um escândalo político e criminal que atingiu o governo do ex-prefeito José Luiz Monteiro.

O presidente ressaltou que a gestão do prefeito Luis Camargo (PSD) está conseguindo devolver aos moradores a esperança de que em médio prazo Arujá terá melhores serviços públicos e que oferecerá oportunidades concretas de desenvolvimento pessoal e social para todos os seus mais de 92 mil habitantes.

Gabriel dos Santos também foi questionado sobre como as autoridades políticas da cidade estão lidando com a nova taxa de lixo que deverá ser implementada a partir do mês que vem por imposição do governo federal.

“É uma vergonha que o governo estadual e federal continue empurrando as responsabilidades para os municípios sem oferecer qualquer contrapartida (recursos financeiros) para que as prefeituras consigam arcar com essas novas despesas”, afirmou Santos.

Ele defendeu que os vereadores tenham maior protagonismo e participem de um debate sério em defesa dos municípios.

Ele criticou a falta de atenção e de respeito do Condemat para com os vereadores e ressaltou que o seu partido (o PSD) precisa reconhecer o trabalho e o potencial das lideranças políticas municipais, pois dessa forma as demandas serão atendidas pelos governos estadual e federal e os partidos também se tornem mais fortes para a eleição de 2022.

Sem citar nomes, o presidente da Câmara de Arujá indicou que não deverá apoiar na eleição de 2022 os mesmos candidatos que apoiou em 2018.

Confira a seguir outros trechos importantes da entrevista do presidente do Legislativo arujense ao Jornal Oi:

Aniversário de Arujá: 

“Todo aniversário deve ser comemorado. A nova gestão trouxe um ar de esperança que estou vendo com bons olhos. Arujá está com uma perspectiva de crescimento gigante e se Deus quiser essa vacinação vai combater o vírus”.

“A Câmara de Arujá é composta hoje por quinze novos vereadores e há comprometimento deste pessoal. A Câmara deve dar condições para o novo governo que está engajado em transformar a cidade. Estamos superando as dificuldades do último ano com uma nova etapa e neste aniversário. Pude ver o comprometimento de todos com a cidade”.

Ações do prefeito Luís Camargo: 

“A Câmara está muito atuante em enfrentar aos problemas da cidade. A prefeitura tem atendido todas as fiscalizações dos vereadores e o prefeito está fazendo com que as reformas em algumas escolas ocorram. A secretária Elaine está se esforçando muito também para fazer com que isso ocorra”.

“Sobre a pandemia é uma guerra difícil de ser vencida, pois o Covid é um inimigo invisível. A administração não tem se escondido e está procurando resolver todas as demandas da pandemia desde o comércio, que tem sofrido, até a preservação de vidas. O governo tem feito o impossível para vencer está batalha”.

Oposição: 

“Ultimamente tivemos uns ataques na página oficial da Câmara e já acionamos a polícia cibernética. O que chamou atenção nesse início foram exatamente esses ataques covardes. Hackearam a página da Câmera, compartilharam nossas matérias e depois solicitaram doações para o combate a pandemia”.

Empresa de Energia Elétrica: 

“Nós temos buscado um contato com o diretor da empresa para que eles melhorem o atendimento aos munícipes. Eles têm procurado melhorar bastante e boa vontade tem sido demonstrada”.

Revisão do Plano Diretor: 

“Arujá tem 52% de seu território dentro de mananciais. Quando se discute o plano diretor, nós estamos falando sobre o planejamento da cidade. Nós vamos redirecionar o plano diretor para fazer com que a cidade volte a prosperar cada vez mais”.

Frente Parlamentar Intermunicipal do Alto Tietê: 

“É muito boa essa Frente Parlamentar para que as Câmaras se conversem e demonstrem a força do legislativo na região. O Condemat nunca nos chamou para uma mesa de debate, eles discutem projeto, entretanto, quem vota são as Câmaras municipais”.

Sobre a possível candidatura à deputada da vereadora Professora Cris do Barreto:

“O estado é gigante, tem espaço para todo mundo. Um abraço para a Cris do Barreto. É necessário que o partido encontre quem possui viabilidade. Só é lembrado quem aparece na foto”.