Prefeito Ashiuchi confirma que o Centro de Iniciação ao Esporte será inaugurado no início de 2022
O governo do prefeito Rodrigo Ashiuchi iniciou as obras em 2018 na região Norte de Suzano/ Foto: Divulgação/Secop Suzano
Governo do Estado de São Paulo

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), confirmou para a reportagem do Jornal Oi que o Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), que está na fase final de construção do Jardim Santa Inez, bairro da periferia de Suzano, será entregue no começo de 2022.

O prefeito falou sobre o assunto nessa terça-feira, 19, ao final da cerimônia de inauguração de uma creche comunitária no São José, bairro que fica próximo do Centro de Iniciação.

Em maio deste ano o Jornal Oi já tinha questionado o governo de Suzano sobre uma data para a conclusão da obra e naquela oportunidade a Prefeitura disse que trabalhava com a possibilidade de entregar o equipamento entre o final deste ano e o início de 2022.

O CIE deverá, rapidamente, se consolidar como uma referência para a prática de esportes na região Norte da cidade, que é absolutamente carente de equipamentos semelhantes ao que será finalmente entregue pela Prefeitura.

O  investimento na construção da unidade em Suzano deverá superar os R$ 4.1 milhões, sendo que os recursos são do governo federal.

O CIE é um projeto desenvolvido pelo governo federal ainda nas gestões do PT, sendo que Suzano conseguiu receber um desses centros ainda no governo do ex-prefeito Marcelo Candido que, entretanto, terminou o seu segundo mandato em 2012 sem que a obra fosse iniciada.

O ex-prefeito Paulo Tokuzumi assumiu a Prefeitura em 2013, mas por motivos políticos não quis iniciar a obra conquistada pela gestão anterior.

Em 2017 o atual prefeito Rodrigo Ashiuchi assumiu o governo e iniciou as obras em 2018 na região Norte de Suzano.

De acordo com informações do governo federal (gestões do PT), esses centros são ginásios erguidos com recursos da União para que crianças e jovens possam iniciar a prática de várias modalidades olímpicas e paralímpicas.

O projeto previa a construção de CIEs em todo o país frutos de um investimento de mais de R$ 967 milhões do Orçamento Geral da União. 

Foram selecionados 263 municípios para receber 285 unidades do CIE. Na região do Alto Tietê, o projeto só saiu do papel e dos discursos em Suzano.

O menor dos CIEs (existiam três modelos e tamanhos diferentes de projeto) oferece condições para que crianças e jovens possam praticar 13 modalidades olímpicas e 6 paralímpicas.

O maior deles terá estrutura para a prática de 16 modalidades olímpicas e as mesmas 6 paralímpicas dos demais CIEs.

No total, os CIEs contemplariam os seguintes esportes olímpicos, distribuídos de acordo com o tamanho do centro: atletismo, badminton, basquete, boxe, esgrima, futsal, ginástica artística, ginástica de trampolim, ginástica rítmica, handebol, judô, levantamento de peso, lutas, taekwondo, tênis de mesa e vôlei.

As modalidades paralímpicas oferecidas são esgrima em cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, vôlei sentado e goalball.