Tenda Atacado

Durante a sessão da Câmara desta terça-feira, 13, os vereadores de Poá votaram pelo arquivamento da denúncia protocolada pela advogada Erivânia El Kadri contra o governo da prefeita Marcia Bin (PSDB).

A denúncia apontava para a necessidade de se apurar possível ato de improbidade administrativa na contratação irregular de quase uma centena de funcionários para atuação em cargos comissionados mesmo após a prefeita Márcia Bin (PSDB) decretar Estado de Calamidade Financeira, que segundo a denúncia, impossibilitaria novas contratações.

A fundamentação da denúncia foi lida na íntegra durante a sessão desta terça-feira, a primeira após a suspensão dos trabalhos da Câmara por conta da alta de infecção pela Covid-19. A denúncia foi rejeitada em plenário por 13 votos a três.
Votaram contra a denúncia os seguintes vereadores: Tio Deivão (PL), Emerson Dentinho (PTB), Fábio Suru (PROS), Henrique Novaes (PRTB), Fabrício Brasa Chopp (PSDB), Lucas Ferrari (PSC), Edinho (Podemos), Marcílio Duarth (PL), Márcio da Ranni (Republicanos), Patrícia Bin do Testinha (PSDB), Beto Melo (SD), Saulo Dentista (DEM) e Welson Lopes (PL).

Votaram a favor da aceitação da denúncia os seguintes vereadores: Jilmara Kirino Protetora (Avante), Rogério Mathias (PTB) e Dr. Saul Souza (Avante).

Se a denúncia fosse recebida pelos parlamentares, seria aberta uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar a denúncia contra a prefeita Márcia Bin.