Polo Digital de Mogi é habilitado como parceiro da Amazon Web Service
As startups terão acesso a U$ 5 mil em créditos para uso nos produtos e serviços da AWS, além de U$ 1.5 mil em créditos de suporte/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Guararema

O Polo Digital da prefeitura de Mogi das Cruzes foi habilitado como parceiro da Amazon Web Service (AWS).

Com isso, as startups incubadas serão beneficiadas com ações do AWS Activate, que incluem créditos de recursos e treinamentos para desenvolvimento do empreendimento.

As startups terão acesso a U$ 5 mil em créditos para uso nos produtos e serviços da AWS, além de U$ 1.5 mil em créditos de suporte.

Entre os produtos e serviços oferecidos estão os servidores virtuais na nuvem, armazenamento escalável em nuvem e banco de dados gerenciado de alta performance.

Uma plataforma de aprendizagem também é disponibilizada para os empreendedores das startups incubadas.

Este serviço conta com um grande acervo de vídeos e webinários sobre inovação, tecnologia e startups.

A participação no programa ainda oferece a oportunidade de acompanhamento e mentoria dos profissionais AWS sobre o desempenho de seus negócios.

“A parceria com uma das maiores empresas do mundo mostra a qualidade do trabalho desenvolvido pelo Polo Digital no fomento ao empreendedorismo e a inovação em Mogi das Cruzes. Também permite que seja oferecido ainda mais apoio e condições para que as startups, que estão em fase de acesso ao mercado, possam dedicar-se exclusivamente em melhorar seus produtos e serviços”, afirmou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Gabriel Bastianelli.

O programa de incubação do Polo Digital oferece uma série de apoios para as startups. Em parceria como Sebrae-SP, são realizadas capacitações, mentorias, participação em eventos e conexão com suas redes de parceiros.

Outro destaque é o investimento indireto nas empresas, que não têm gastos com aluguel, IPTU, luz, água e internet. A estes benefícios, agora se junta o investimento em infraestrutura de tecnologia.

O ciclo deste ano do Programa de Incubação do Polo Digital é voltado para as soluções para desafios da gestão de políticas públicas em diferentes pastas, trabalhando os conceitos voltados à GovTechs e Cidades Inteligentes.

“Com isso, a prefeitura tem se dedicado para fazer conexão das startups com as secretarias, visando oferecer condições de desenvolvimento e validação dos negócios’, explica o coordenador do Polo Digital, Rodrigo Garzi.