Poá terá Hospital de Campanha para pacientes de Covid-19. Atendimento deverá começar no dia 15
O prédio do Centro Municipal de Especialidades (CEME), que fica ao lado do Hospital Municipal Guido Guida, está sendo adaptado e deve começar a receber já em 15 de abril as pessoas com suspeita e os casos confirmados do novo Coronavírus/ Foto: Divulgação
Tenda Atacado

O prefeito de Poá, Gian Lopes (PL), juntamente com a secretária de Saúde, Flávia Verdugo e equipe, anunciaram que a cidade contará com um Hospital de Campanha para receber pacientes de Covid-19.

O prédio do Centro Municipal de Especialidades (CEME), que fica ao lado do Hospital Municipal Guido Guida, está sendo adaptado e deve começar a receber já em 15 de abril as pessoas com suspeita e os casos confirmados do novo Coronavírus.

“Já iniciamos a adaptação do prédio do Centro de Municipal de Especialidades (CEME) para receber o Hospital de Campanha para pacientes de COVID-19. Serão 30 leitos para atender a nossa população da melhor forma possível. Também contaremos aqui no local com a operação de um centro de triagem com drive-thru, que receberá pessoas com suspeita de coronavírus em seus carros. Ou seja, estamos tomando todas as medidas necessárias para a prevenção e combate a esta pandemia que tem afetado todo o mundo”, comentou o prefeito de Poá, Gian Lopes.

Segundo a secretária de Saúde, Flávia Verdugo, no drive-thru uma equipe especializada atenderá as pessoas sem que elas precisem sair do carro, mas a unidade de triagem também atenderá pedestres.

“Os pacientes com febre e dificuldades respiratórias serão encaminhados para avaliação com equipe, e aqueles que necessitarem de um atendimento mais especializado e que estiverem com os sintomas mais agravados terão todo o suporte aqui no Hospital de Campanha e no Hospital Municipal Guido Guida”.

Covid-19

No município de Poá foram notificados até o momento 148 casos suspeitos de Covid-19, nos quais 17 (11,49%) são moradores de outras cidades (Suzano, Mogi, Ferraz, Itaquá e São Paulo).

Dos 131 (88,51%) casos suspeitos de Poá, quatro foram confirmados (3,05%). Foram descartados por critério laboratorial 8 casos (6,11%) e permanecem em investigação 114 (87,02%) aguardando resultado de exames.

A cidade teve 29 casos (19,59%) suspeitos/leves sem coleta de exames, sendo monitorados, destas notificações leves, quatro são moradores dos municípios de Itaquá, Mogi e Ferraz.

Poá possui neste momento cinco óbitos suspeitos (3,82%) para Covid-19 e que estão sendo investigados e aguardando resultados de exames e dois foram descartados (1,53%).

“É necessário reforçar que neste momento todos os óbitos que forem classificados como grupo de risco para a Covid-19 serão classificados como suspeitos até a confirmação dos resultados dos exames”, acrescentou a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde de Poá, Fabiani Ferri.

Combater o contágio da doença é uma responsabilidade de cada um de nós e por isso é necessário evitar aglomerações e realizar a devida higienização das mãos.

Importante reforçar que todas as suspeitas estão aguardando resultados dos exames, os quais são realizados pelo Instituto Adolf Lutz (IAL), laboratório oficial do Governo do Estado de São Paulo. Não existe previsão para divulgação dos resultados, já que o IAL está com uma grande demanda.