Poá: Azuir revela a ‘traição’ de vereador que se bandeou para o governo em desacordo com o partido
Em 2020 Azuir Marcolino foi candidato à prefeitura de Poá pelo PTB e obteve aproximadamente 7 mil votos/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Guararema

O ex-vereador e ex-candidato a prefeito por Poá, Azuir Marcolino (PTB), concedeu uma entrevista exclusiva ao repórter Gabriel Souza, do Jornal Oi.

Em 2020, o político que foi candidato à prefeitura de Poá pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) obteve aproximadamente sete mil votos.

Para a Câmara, e com o apoio de Azuir, o PTB conseguiu eleger três vereadores. Sendo eles Diogo Pernoca, Professor Rogério Mathias e Emerson Dentinho.

O atual presidente da Câmara, Diogo Pernoca e o Professor Rogério Mathias, segundo Azuir, adotaram a posição solicitada ou esperada pela legenda partidária de serem críticos ao governo Marcia Bin do Testinha (PSDB).

Emerson Dentinho, entretanto, resolveu compor o grupo de parlamentares que atualmente defendem a atual prefeita. Essa postura do vereador, segundo Azuir, não agradou aos membros do partido.

“Nós gostaríamos que todos os nossos vereadores adotassem uma posição, tomassem um lado, mas o Emerson Dentinho preferiu não dialogar conosco e tomou outro caminho. É um excelente menino e gosto muito dele, mas desde a eleição não recebo uma ligação dele”, ressaltou.

Na Câmara de Poá é visível que o novo G-10 de apoio a prefeita Marcia Bin está formado. Se for benéfico ou não para a cidade somente o tempo deve responder essa questão.

A reportagem deve questionar nas próximas horas o futuro de Emerson Dentinho dentro do PTB e se de fato o parlamentar descumpriu alguma orientação da sigla partidária.