Oi destaca as ações que o novo prefeito de Biritiba irá fazer para o Turismo e Meio Ambiente. Inho já foi prefeito duas vezes
A primeira reportagem sobre o plano de governo do candidato vencedor em Biritiba, Carlos Taino, o Inho, é sobre Meio Ambiente e Turismo/ Foto: Divulgação
Tenda Atacado

Desde a semana passada o Jornal Oi vem esmiuçando as principais propostas, aquelas mais interessantes e ousadas, dos prefeitos que foram eleitos no último dia 15.

Nessa série de reportagens especiais o Jornal Oi já revelou projetos da nova prefeita de Ferraz, Priscila Gambale (PSD), do prefeito de Santa Isabel, Carlos Chinchilla (PSL), e do prefeito eleito em Arujá, Luiz Camargo (PSD).

No caso de Biritiba, a primeira reportagem sobre o plano de governo do candidato vencedor,  Carlos Taino, o Inho (PL), é sobre Meio Ambiente e Turismo. Duas áreas de extrema importância para o desenvolvimento do município.

Confira a seguir o que consta no plano de governo de Inho Taino, o novo prefeito de Biritiba para o Meio Ambiente e Turismo.

Importante destacar que Inho já foi prefeito de Biritiba em dois mandatos consecutivos e não fez praticamente nada do que se propõe a fazer no plano do governo que apresentou a Justiça Eleitoral e foi o escolhido pelo povo.

Será bom que a população fique bem de olho para que as promessas não caiam no esquecimento.

Meio Ambiente: 

» Regularização Fundiária;

» Programa Cidade Legal;

» Implantação de eco pontos;

» Construção de lixeiras na zona rural;

» Portais de identificação na zona rural;

» Fomentar e auxiliar a implantação de loteamentos legalizados;

» Ampliar o Programa de Coleta Seletiva e Reciclagem com a reestruturação da cooperativa de catadores COOPERALTO e criação de eco pontos de resíduos da construção civil, desde cimento, entulhos, tijolos, restos de azulejos e madeiras, móveis velhos, sobras de podas de árvores e outros matérias volumosos;

» Ampliação da educação ambiental nas escolas do município;

» Instituir e executar o Plano Municipal de Saneamento básico;

» Assegurar junto aos órgãos competentes as redes de água e esgoto necessárias para acompanhar o desenvolvimento habitacional da cidade, nos loteamentos que serão regularizados;

» Promover a constante manutenção de córregos e rios de Biritiba Mirim em parceria com o DAEE com o objetivo de evitar enchentes e outros problemas relativos à saúde pública;

» Fortalecer as ações de fiscalização ambiental em parceria com outros órgãos municipais e estaduais, evitando a formação de assentamentos precários e ações particulares que as agridam;

» Criação de um núcleo de educação socioambiental de vivências em que as crianças conheçam a fauna e flora do nosso município;

» Ampliar o plantio de árvores nos espaços urbanos na cidade;

» Convênio com a CETESB para que a Prefeitura tenha autonomia para licenciar obras e aprovar projetos de baixo impacto ambiental;

» Aprovação em caráter de urgência do Plano Diretor para o desenvolvimento do município.

Turismo: 

» Programas de Incentivo as práticas de esportes e realização de eventos esportivos municipais (passeio ciclístico, maratonas, torneios e competições entre escolas, trilhas, motocross, quadriciclos, jeeps, enduro, esportes radicais, caiaques, pescas esportivas, etc.);

» Criação de praças esportivas e recreativas em todos os bairros como: mini campos, mini quadras, mesas de jogos, parquinhos;

» Resgatar os projetos: “Paraolímpico”, “Bem Estar”, “SESI”, “Semente Olímpica”;

» Retomar a participação do Município nos jogos regionais (JORI – Jogos Regionais dos Idosos, Jogos Abertos);

» Realização de passeios de charrete e cavalgadas;

» Resgatar os festejos de manifestações culturais (carnaval, natal, réveillon, aniversário da cidade);

» Programa municipal de valorização dos artistas da terra;

» Reativar a fanfarra municipal;

» Incentivo aos proprietários de chácaras, sítios e empresários do ramo hoteleiro para implantação de pousada familiar e hotéis;

» Revitalizar os pontos turísticos existentes;

» Sinalização de bairros e pontos turísticos;

» Incentivo aos eventos religiosos;

» Realização dos festivais gastronômicos com produtos produzidos no município;

» Disponibilizar a informação no site da prefeitura, dos pontos turísticos e dos percursos para trilhas;

» Elaboração do calendário da Secretaria Municipal;

» Incentivo ao “Projeto Guri”;

» Criação da “Casa do Artesão.