Os brasileiros não merecem tanto desrespeito, tá ok? Bolsonaro fez mais de 1,6 mil declarações falsas ou enganosas em 2020. Esse é o presidente do Brasil
Chega a ser inacreditável a quantidade de mentiras e afirmações sem pé e nem cabeça do ‘homem’ que ocupa o mais alto cargo político do Brasil/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Guararema

O presidente Jair Bolsonaro emitiu 1.682 declarações falsas ou enganosas em 2020, uma média de 4,3 por dia.

Os dados são do Relatório Global de Expressão 2021, com dados de 161 países, produzido pela organização não-governamental (ONG) Artigo 19 sobre liberdade de expressão, lançado nesta quinta-feira, 29. As informações são da revista Isto É.

De acordo com o documento, as declarações falsas ou enganosas de Bolsonaro contribuíram para aumentar o número de casos de Covid-19 no País.

Desde que o chefe do Executivo assumiu o mandato, em 2019, Bolsonaro fez 2.187 declarações falsas ou distorcidas, uma média de três por dia.

No entanto, o volume diário de desinformação espalhada foi significativamente maior em 2020 em meio à pandemia da Covid-19, crise econômica e eleições municipais.

O documento destaca algumas falas de Bolsonaro, como ao chamar a doença de “gripezinha”, e “promoção de discursos anti-vacinas e anti-isolamento, piorando as taxas de infecção e causando uma crise de informação com discursos altamente polarizados”.

No combate contra a Covid-19, a Artigo 19 faz críticas à falta de transparência nos números da pandemia em alguns países, entre eles o Brasil.

O texto pontua que 35% dos pedidos de informação feitos durante o governo Bolsonaro foram respondidos com informações incorretas, 25% com desinformação intencional, 20% com censura de informações e 5% com informações parciais. Só 15% dos pedidos foram respondidos de forma completa.

Chega a ser inacreditável a quantidade de mentiras e afirmações sem pé e nem cabeça do ‘homem’ que ocupa o mais alto cargo político do Brasil e os efeitos são devastadores, como um grande número de brasileiros está sentido na pele.

Um dos maiores problemas é que os mentirosos, malandros, sem palavras, fanfarrões sentem-se totalmente representados por esse presidente.

Por outro lado, as pessoas sérias e comprometidas com a realidade e com os fatos, sentem totalmente desprezadas e ignoradas  por esse mentiroso contumaz e psicopata que está a na presidência.

Outra consequência disso é que fica difícil para a imprensa e a sociedade cobrarem mais seriedade, transparência, respeito e resultados de prefeitos, vereadores e deputados quando o presidente é tão desqualificado. Lamentável.