O maior problema é o desgoverno ou a tolerância do povo? Popularidade do governo Bolsonaro cai, mas 35% ainda a avalia a ‘gestão’ como ótima ou boa. Isso é brincadeira?
Aqui no Jornal Oi ninguém está contra o governo e nem contra o presidente, mas também ninguém tem vocação para se deixar conduzir mansamente para o abatedouro/Foto: Divulgação
Campanha Tudo novo

Pesquisa Ibope aponta que 35% dos brasileiros avaliam o governo Jair Bolsonaro como “ótimo ou bom”.

Outros 33% avaliam como “ruim ou péssimo”, 30% como “regular” e 2% não souberam ou não responderam.

O estudo foi contratado pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) e foi realizado de 5 a 8 de dezembro de 2020.

Contou com as respostas de 2.000 entrevistados. O nível de confiança é 95% e a margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa também aponta que 49% dos brasileiros desaprovam o modo de governar do presidente Jair Bolsonaro. Outros 46% aprovam e 5% não souberam ou não responderam.

As aprovações caíram 3 pontos percentuais desde a última pesquisa, realizada em setembro, quando os entrevistados satisfeitos somavam 50% e os insatisfeitos eram 46%.

O grande mistério desta pesquisa não está no fato de a popularidade de Bolsonaro ter caído; é certo que essa tal popularidade derreterá ainda mais com o fim do auxilio emergencial.

O que realmente intriga é que 35% dos entrevistados (proporcionalmente 35% dos brasileiros) avaliam que o atual governo é bom ou ótimo. Bom ou ótimo no que?

Dólar nas alturas, desemprego recorde, aumento dos casos e de mortes pela Covid-19, preços criminosos dos alimentos nos supermercados, indefinições sobre a vacinação para a Covid. Esses são apenas alguns dos itens que revelam o quanto o governo vai mal.

Mas vocês leitores que avaliam que o presidente faz um bom ou ótimo trabalho, por favor, enviem ao Jornal Oi o que está indo bem no Brasil e que justifica a indicação da pesquisa de que 35% das pessoas avaliam o atual governo como sendo bom ou ótimo. Por favor, bom no quê?  Ótimo no que?

Aqui no Jornal Oi ninguém está contra o governo e nem contra o presidente, mas também ninguém tem vocação para se deixar conduzir mansamente para o abatedouro. Pois nem o gado tem esse tipo de comportamento quando chega a hora do  abate.

Não podemos em prejuízo próprio fechar os olhos ou tentar tapar o sol da realidade com uma peneira.

É fato que o governo (que o povo e o País precisam) não funciona, mas mesmo assim 35% acham bom ou ótimo. O problema maior, então, não é desgoverno ou o presidente aloprado, mas sim o povo. Será?