O avanço da vacinação para a retomada da vida
Viva a Educação! Viva a Vacina!/ Foto: Divulgação
Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde

Por: Ewerton Cardoso

Recebi com profundo entusiasmo a notícia do Governo do Estado de São Paulo que professores com idade entre 18 a 44 anos seriam vacinados a partir de hoje, 11 de junho.

Em Ferraz de Vasconcelos, em consequência do anúncio do governador do Estado, as Secretarias de Saúde e Educação organizaram de prontidão um cronograma de vacinação dos professores de acordo cada unidade escolar.

Com muito amor e orgulho, sou professor da Rede Municipal de Educação de Ferraz de Vasconcelos há treze anos, ocupei por uma década a função de Diretor Escolar e hoje, continuo com a minha sala de aula, juntamente com a as minhas atribuições parlamentares.

Assisti o início da pandemia e a suspensão das atividades presenciais e compreendo bem os impactos da presença da escola na vida dos alunos, de seus pais e principalmente dos professores e profissionais da educação.

O ano de 2020 foi de aprendizagem com a nova realidade que fomos submetidos; iniciamos 2021 com todos os cuidados necessários, mas, mesmo seguindo o importante protocolo sanitário e as orientações da Secretaria Municipal de Saúde, a escola não aquele lugar que me formei como profissional.

Falta a alegria dos alunos, o encontro dos professores, dos profissionais da escola, os barulhos, as festas dos alunos em aniversário, falta a vida, falta a alegria e estamos a um passo de recuperar tudo isso.

Sabemos da necessária preocupação diante do protocolo sanitário de retorno às aulas, mas sinto falta dos barulhos e correrias, das brincadeiras dos alunos, do fraterno café na sala dos professores, dos jogos na quadra, da gostosa correria nos intervalos e de tudo que constituí a escola e seus espaços.

A retomada dessa realidade pressupõe o avanço do programa de vacinação dos professores e profissionais da educação e o anúncio da vacinação para professores entre 18 a 44 anos traduz um harmonioso sinal de esperança de que a vida está no caminho de se encontrar com a normalidade que nos constituía antes da pandemia.

Parabenizo o Governo do Estado pela preocupação com nós professores, mas felicito também a atual administração da Prefeita Priscila Gambale e os esforços dos profissionais de Saúde de Ferraz de Vasconcelos que se empenham a cada dia em defesa da vida do povo ferrazense.

Aguardo ansioso a data da minha vacinação, e espero que as sala de aula voltem a estar cheias, os intervalos com o sonoro e agradável barulho dos alunos e os professores felizes e seguros com o retorno da vida escolar.

Viva a Educação! Viva a Vacina!