Hospital Santa Maria

Na última sexta-feira (30), sobre muita chuva, o governador em exercício Rodrigo Garcia (DEM) esteve em Suzano para entregar as obras de revitalização asfáltica e alteamento na Estrada da Duchen, na região de Palmeiras.

O governador realizou inúmeros anúncios, como a duplicação da Mogi-Dutra, a continuação da SP-43 e a abertura do HC de Suzano somente no segundo semestre de 2021.

Conforme já destacado pelo Jornal Oi Diário na edição de sábado, ao citar a Alça do Rodoanel, o governador não cedeu novas informações acerca do assunto e afirmou que espera, anunciar em breve a execução e o local desta obra.

Durante a inauguração, o deputado federal Marco Bertaiolli utilizou o momento de sua fala e agradecimentos para cobrar o governador sobre o pedágio que a Artesp pretende instalar na Mogi-Dutra. O parlamentar foi incisivo em seu questionamento, e relatou que a via foi construída pelo município, sendo assim, já possuindo um custo altíssimo para Mogi e que não é justo cobrar novamente dos trabalhadores da cidade, que devem sofrer consequências rígidas se esse pedágio for instalado.

“Não pode ter pedágio na Mogi-Dutra! Não tem o menor sentido. A Artesp que é uma agência independente, como eu já mencionei, tem autonomia para fazer seus projetos e propor o que quiser. Tem um detalhe interessante governador que o senhor pode propor, a Mogi-Dutra, não foi construída pelo governo e sim pela prefeitura municipal. Desse modo, não faz sentido uma obra que já custou tanto aos cofres do município, agora custar ao bolso dos mogianos” Delcarou Bertaiolli ao governador Rodrigo Garcia.

Rodrigo Garcia além de mencionar as obras entregues e aquelas que vão ser realizadas pelo governo do estado, esclareceu o pedido feito pelo deputado Marco Bertaiolli e ressaltou que deve apoiar a luta do deputado e munícipes da cidade para que não haja o pedágio na Mogi-Dutra.

“É uma ideia da Artesp, que é uma agente reguladora de serviços, e as vezes, ela tem essa proposta de colocar o pedágio em um local que já está pronto e pegar o dinheiro dali, e gastar em outro lugar. Nós temos que equilibrar isso e insistir para a Artesp, que ela deve colocar pedágio aonde necessita fazer obra, e não onde já está tudo pronto.”

A luta contra o pedágio na Mogi-Dutra tem sido uma luta dos deputados estaduais e federais da região, do prefeito Marcus Melo e também da população, a resposta de Rodrigo Garcia de fato acalma um ambiente tumultuado referente ao assunto.