Mostra de Dança de Suzano começa nesta terça-feira. Participação é livre e a programação vai até o dia 10
Programação on-line se estende até o próximo dia 10; iniciativa celebra o 72º aniversário da cidade/ Foto: Divulgação
Governo do Estado de São Paulo

A primeira Mostra e Conferência de Dança Online de Suzano, promovida pela Secretaria Municipal de Cultura, se inicia nesta terça-feira, 6.

A programação se estende ao longo da semana, até o dia 10 de abril (sábado), quando acontece a conferência “Caminhos e Desafios da Dança no Município”.

A participação é livre, sendo que os interessados poderão garantir a vaga por meio de inscrição no site oficial da Cultura suzanense (www.culturadesuzano.com.br/editais) até quinta-feira, 8.

De acordo com o chefe da pasta, o vice-prefeito Walmir Pinto, o projeto visa reconhecer a importância da dança e das demais expressões artísticas no cotidiano, de modo a garantir acesso ao conhecimento sobre o tema e a troca de experiências.

“Nosso compromisso está sempre pautado pelo apoio e incentivo às produções do município. Para tanto, iremos contar com uma programação rica em parceria com diferentes escolas, grupos, coletivos e artistas da dança suzanense. Será a oportunidade para todos os interessados se engajarem, conhecerem trabalhos e discutirem mais sobre a temática”, detalhou.

Os encontros on-line também celebram o 72º aniversário da emancipação político-administrativa de Suzano, lembrado na última sexta-feira, 2, com apresentações de coreografias sem caráter competitivo.

“Buscamos democratizar o acesso à cultura neste período tão difícil. As apresentações farão parte do nosso encontro de abertura oficial, na terça-feira, 6, às 19 horas, por meio de live na página ‘Secretaria de Cultura de Suzano’ (www.facebook.com/culturadesuzano) e no canal do Youtube da Prefeitura de Suzano (bit.ly/TVPrefeituradeSuzano)”.

Estão previstas as apresentações dos bailarinos Caroline Louise, que é a Primeira Bailarina Júnior do Estado, pela Promodança; Gustavo Ribeiro, o Primeiro Bailarino Júnior Estadual, pela Promodança; João Alves, bailarino contratado pela Cia. de Dança da Flórida; Rafael Abreu, professor de Dança Contemporânea e pesquisador de vídeo-dança; Mariana Camargo, bailarina, professora e coreógrafa; e Paloma Souza, que também é bailarina, professora e coreógrafa.

A abertura oficial ainda deverá contar com a participação do diretor do Instituto Cultural Promodança, Maurício Oliveira, para falar sobre o desenvolvimento da dança em Suzano e sua representatividade no cenário nacional e internacional, além da apresentação “Tarantella” da Cia. Estável Promodança em 2019, com coreografia de Eduardo Bonnis e elenco composto por 70% de bailarinos suzanenses.

Para a coordenadora de dança da Secretaria de Cultura de Suzano, Márcia Belarmino, a iniciativa resgata o protagonismo dos bailarinos da cidade.

“Esses suzanenses, que hoje ganham o mundo, representam parte da história. Cada convidado vem para aprender e compartilhar experiências. Neste momento de isolamento social precisamos cuidar da saúde física e mental, por meio da dança, mas também exercitar a empatia, sabendo que podemos nos ajudar e incentivarmos uns aos outros. Além de promover um momento de lazer e entretenimento ao público em casa, que com certeza vai se encantar”, disse.

Já na quarta-feira, 7, haverá um encontro on-line em plataforma fechada, das 14h30 às 16 horas, com o tema “Expressividade Através de Jogos Lúdicos”.

A oficina juvenil gratuita será ministrada pela professora Bruna Wroblewski ao público de 10 a 13 anos de idade.

No período da noite, das 19 horas às 20h30, uma live no Facebook e Youtube deverá apresentar os trabalhos de até seis representantes de escolas ou grupos de Suzano. O objetivo será a explanação do processo de criação da obra.

Na quinta-feira, 9, às 17 horas, os inscritos poderão participar da oficina “Dança Contemporânea – Técnica de chão (Intermediário)”, ministrada pelo professor Lucas Cardoso ao público maior de 14 anos, também em plataforma on-line fechada, com vagas limitadas a 20 pessoas.

A partir das 19 horas, a live aberta recebe outros seis representantes de escolas ou grupos de Suzano para falar sobre o processo criativo dos projetos na cidade.

A oficina fechada de sexta-feira, 9, será o “Jazz Dance (Intermediário)”, voltada a alunos a partir de 12 anos de idade.

A aula, também limitada a 20 participantes, será ministrada pela professora Gabriella Fanzeres, às 17 horas.

No período da noite, a partir das 19 horas, novamente a live aberta convida os artistas suzanenses para a troca de experiências ao vivo.

Por fim, no sábado (10/04), o dia será intenso com diferentes atividades on-line na conferência “Caminhos e Desafios da Dança no Município”.

Os participantes inscritos iniciam o aprendizado às 9h30, com eixo 1 “Mapeamento de grupos, escolas e artistas da Dança”. Às 11 horas se inicia a palestra “Economia Criativa e Empreendedorismo na Dança”, apresentada por Jenifer Botossi.

No início da tarde começa o eixo 2 com o tema “Metodologia de ensino e bases comerciais aplicadas no município nas escolas e grupos” e, às 14h45, a palestra “Elaboração de Projetos”, novamente ministrada por Jéssica Botossi.

Já no fim do dia o eixo 3 da conferência aborda a temática “Ações de difusão da dança na cidade” a partir das 16 horas. O encerramento das atividades está previsto para às 17 horas.

O evento completo será desenvolvido com o Centro de Arte Lilian Gumieiro e a Cia. Vendedores de Ilusão, por meio de contrapartida da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017/2020).