Governo Marcus Melo inicia entrega de conjunto de 18 obras, com investimento de R$ 21 milhões
Com investimento total de R$ 21 milhões, os equipamentos públicos incluem creches, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, espaços esportivos, recapeamento de vias e o Polo de Segurança de Jundiapeba, entre outros/ Foto: Divulgação
Governo do Estado de São Paulo

A reportagem especial do Jornal Oi no início desta semana destaca a maratona de entrega de obras que o governo de Mogi das Cruzes promove a partir desta terça-feira, 16.

De acordo com informações da Coordenadoria de Comunicação da gestão do prefeito Marcus Melo (PSDB) as 18 obras que serão entregues receberam mais de R$ 21 milhões em investimentos.

Pandemia de Covid-19 exigiu medidas especiais de saúde e segurança para que as obras fossem finalizadas

O governo de Mogi das Cruzes inicia nesta terça-feira, 16, a entrega de um conjunto de 18 obras públicas, em áreas como saúde, educação, segurança, drenagem, mobilidade urbana, esporte e cultura, instaladas em diversos pontos da cidade.

Com investimento total de R$ 21 milhões, os equipamentos públicos incluem creches, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, espaços esportivos, recapeamento de vias e o Polo de Segurança de Jundiapeba, entre outros.

A entrega das obras ocorrerá de forma virtual, sem eventos nos locais e a lista de tudo o que será entregue pode ser conferida no final desta reportagem.

O prefeito Marcus Melo explica que as obras atendem às demandas da população em áreas essenciais.

“São equipamentos públicos que vão oferecer novas vagas de creches, atendimento de

saúde, segurança, melhorias de tráfego, esportes, lazer e cultura. Mogi das Cruzes é uma cidade dinâmica e em constante crescimento, e isso traz também a necessidade de se garantirem serviços públicos à população, em todas as faixas etárias, o que é uma missão da Administração Municipal”, afirma o prefeito por meio de sua Coordenadoria de Comunicação.

A execução das obras durante a pandemia seguiu todos os cuidados de saúde determinados pelos protocolos oficiais – tanto no trabalho realizado diretamente pelos funcionários da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, quando pelas empresas contratadas e gerenciadas pela Secretaria Municipal de Obras.

Foram adotadas medidas como o afastamento dos funcionários com mais de 60 anos e o fornecimento de todos os equipamentos e insumos de proteção, como álcool em gel e máscaras, além de ações para reduzir a aglomeração em refeitórios, por exemplo.

UPA no distrito de Jundiapeba, a 3ª da cidade, será uma das principais entregas deste pacote

Um das principais novidades será a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Jundiapeba. Será a terceira unidade do tipo em Mogi das Cruzes, beneficiando uma região estratégica e populosa da cidade.

A UPA é reconhecida por oferecer atendimento de urgência e emergência, com qualidade e segurança. A UPA de Jundiapeba será entregue no dia 27 de junho e funcionará na rua Francisco Soares Marialva, esquina com a rua Cecília da Rocha. São 3 mil metros quadrados de área construída e capacidade para realizar até 8 mil atendimentos por mês.

Três novas creches

Já na área de educação, três creches serão entregues. Elas funcionarão no Jardim Universo, no Jardim Aeroporto II e na Vila Natal.

Em comum, as unidades seguem o novo modelo sustentável adotado pela prefeitura de Mogi das Cruzes e contam com salas de atividades, berçário, pátio, refeitório, além das áreas administrativa, pedagógica e serviços.

“As creches mogianas são sinônimo de atendimento de qualidade às crianças, com apoio de profissionais preparados e alimentação de qualidade. É mais tranquilidade para os pais, que podem trabalhar com a certeza de que seus filhos estão sendo bem cuidados”, comenta o prefeito por meio de sua assessoria.

Polo Municipal de Segurança e equipamentos de Cultura e Educação também serão entregues

Conforme a reportagem do Jornal Oi adiantou no mês passado, o Polo Municipal de Segurança oferecerá estrutura e apoio para o trabalho da Guarda Municipal será inaugurado pela prefeitura mogiana nos próximos dias.

Localizado em Jundiapeba, na avenida Lourenço de Souza Franco (local do antigo posto da Polícia Rodoviária), contará com uma base da Guarda Municipal, além de Centro de Formação e Treinamento, bem como espaço para o canil da corporação.

O investimento na unidade é de R$ 1.354,007,02 e atende a solicitações da comunidade, apresentadas em reuniões e eventos como “A Cidade é Aqui”.

Outros equipamentos entregues em junho serão o MUVE – Museu Virtual da Educação e o Arquivo Histórico “Historiador Isaac Grinberg”.

O MUVE possui recursos tecnológicos modernos, capazes de apresentar a história de Mogi das Cruzes de forma interativa ao público.

O Casarão da rua Coronel Souza Franco, 917, foi restaurado por meio de um convênio firmado entre a Prefeitura de e o Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID), da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania.

Enfim, o Pico do Urubu terá um mirante para recepcionar de forma adequada os turistas

A Serra do Itapeti, reconhecida como Área de Proteção Ambiental (APA) e um dos patrimônios naturais de Mogi das Cruzes, terá um novo Mirante no tradicional Pico do Urubu.

De acordo com informações da Coordenadoria de Comunicação do governo do prefeito Marcus Melo, o local recebeu um deck e, na pedra central, a construção de um espaço de atendimento ao turista, a fim de ajudar no trabalho e credenciamento de pilotos, principalmente de voos duplos.

O projeto foi elaborado em total equilíbrio com a serra e tem como objetivo fomentar o turismo naquela região, sempre respeitando-se a legislação ambiental. A entrega de um simples mirante no ponto mais alto da cidade de Mogi (após décadas de espera) pode indicar que finalmente o governo de Mogi começa a levar a sério o desafio de tornar a cidade atraente para os turistas.

No final de 2019 o governo do prefeito Marcus Melo apresentou um balanço dos recursos captados e das obras e projetos em andamento para fomentar o turismo na maior cidade do Alto Tietê.

Segundo  esse balanço, desde que Mogi se tornou Município de Interesse Turístico (MIT), em novembro de 2017, quase R$ 6 milhões em recursos do Governo do Estado e Governo Federal já foram captados, a partir da aprovação de projetos para melhorias na infraestrutura turística existente na cidade.

Naquela oportunidade, a prefeitura destacou que duas obras já estavam em andamento, sendo que uma delas era a implantação de infraestrutura turística no Pico do Urubu.

A outra era a reforma na estação ferroviária de Sabaúna projetada para valorizar a memória da cidade por meio da oferta de melhor estrutura para o acolhimento de turistas.

Os trabalhos, que são fruto do primeiro convênio do MIT assinado pelo município, incluem reforma interna do imóvel, com adequação às normas de acessibilidade e também benfeitorias na parte externa da estação.

Ainda de acordo com informações transmitidas em 2019 pelo governo mogiano, outras obras seriam executadas ao longo desse ano.

Um exemplo seriam as obras de reforma, adequação e modernização em cinco espaços culturais municipais e também no Centro de Informações Turísticas, que fica no Parque Centenário, em Cezar de Souza.

Os espaços culturais a serem contemplados com melhorias são o museu Visconde de Mauá, o Centro de Memória Expedicionários Mogianos (Museu dos Expedicionários), o museu Taro Konno (Parque Centenário) e também a Pinacoteca de Mogi das Cruzes. O investimento total na readequação desses seis espaços ultrapassa os R$ 645 mil.

Além desses, outros dois projetos seriam viabilizados via MIT. Um deles é o projeto de cicloturismo, que prevê melhorias na sinalização e estrutura das ciclorrotas do município.

As exatas melhorias a serem executadas conforme o recurso disponibilizado, que é de R$ 395.930,01 ainda estão em discussão junto aos praticantes e grupos que representam o setor, porém o objetivo é beneficiar o ciclista que faz uso dessas rotas e também pedestres, moradores do entorno e propriedades rurais que atendem turistas.

Ainda via MIT, já foi aprovado, porém ainda sem definição de valor, a reforma do Centro de Cidadania e Arte (Ciarte), no Centro da cidade.

O objetivo desse projeto, que já entra na programação de 2020 do programa estadual, é resgatar as características do antigo Cine Odeon, valorizando mais uma vez a memória e a história do município.

Do Ministério do Turismo, a cidade já conseguiu aprovar projetos que, juntos, somam mais de R$ 4 milhões em investimento.

O que prevê investimento mais vultuoso, da ordem de R$ 2,5 milhões, é o projeto para a construção de um centro de convenções no Parque Leon Feffer.

O objetivo é tornar o parque efetivamente um atrativo turístico, ampliando sua visitação, que hoje é de cerca de 3 mil para até 30 mil visitantes/mês.

Também consta no projeto o atendimento às normas de acessibilidade, com a instalação de rampas de acesso, plataformas, elevadores e piso podotátil, quando necessário.

O Parque Leon Feffer também é alvo de um outro projeto aprovado no Ministério do Turismo, que prevê uma revitalização completa no espaço, com trabalhos de paisagismo, melhorias na infraestrutura, sinalização interna, iluminação, acessibilidade, reforma dos sanitários, estacionamento e blocos administrativos, bem como a construção de sanitários acessíveis, instalação de ciclovia e de um portal no acesso principal. O investimento nesse projeto será de R$ 760 mil.

Outro projeto aprovado pelo Ministério do Turismo é a realização de obras de acessibilidade no acesso à plataforma da Estação Sabaúna, que visa garantir que as pessoas com mobilidade reduzida e demais pedestres possam realizar as travessias nas vias férreas com segurança.

Com recursos de R$ 253,5 mil, o projeto prevê revitalização no reservatório existente da locomotiva e complementará as obras na estação, que estão em andamento a partir de convênio do MIT.

OBRAS QUE SERÃO ENTREGUES A PARTIR DESTE DIA 16

1. Creche Jardim Universo

Inauguração: 16 de junho

O Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) Comandante Otto Carlos Brasil de Rezende tem capacidade para atender 140 alunos de zero a três anos em período integral. A creche foi construída no novo modelo sustentável e tem cinco salas de atividades, berçário, pátio coberto/refeitório, além das áreas administrativa, pedagógica e serviços. Está localizada na rua Pref. Sebastião Cascardo, s/nº. Investimento: R$ 1.762.829,62.

2. Recapeamento da avenida Professor Ismael Alves dos Santos

Data: 17 de junho

Recapeamento de toda a extensão da avenida Professor Ismael Alves dos Santos, entre a avenida Francisco Rodrigues Filho e a avenida Prefeito Carlos Ferreira Lopes. Investimento: R$ 942.689,88.

3. Recapeamento da rua Professor Álvaro Pavan

Data: 18 de junho

Recapeamento da rua Professor Álvaro Pavan, entre a avenida Manoel Bezerra de Lima Filho e a avenida Doutor Cândido Xavier de Almeida e Souza. Investimento: R$ 419.728,49.

4. Mirante Pico do Urubu

Data: 19 de junho

O Mirante do Pico do Urubu recebeu um deck e, na pedra central, a construção de um espaço de atendimento ao turista, a fim de ajudar no trabalho e credenciamento de pilotos, principalmente de voos duplos.

Por conta de legislação ambiental, não há banheiro. O projeto foi elaborado em total equilíbrio ambiental com a Serra do Itapeti, tendo como objetivo respeitar e valorizar um dos principais patrimônios naturais de Mogi das Cruzes.

A obra tem como objetivo fomentar o turismo naquela região, sempre respeitando-se a legislação ambiental e com o planejamento de estimular o lazer de forma sustentável. investimento de R$ 403.877,78.

5. Polo Municipal de Segurança

Data: 20 de junho

O Polo Municipal de Segurança fica na avenida Lourenço de Souza Franco e terá base da Guarda Municipal, Centro de Formação e Treinamento e espaço para o canil da corporação. Investimento: R$ 1.354,007,02.

6. Pavimentação da avenida Alício de Carvalho

Data: 21 de junho

Implantação de serviços de drenagem, guias, sarjetas e colocação de asfalto na via. Investimento: R$ 705.000,00.

7. Campo de futebol da Vila Industrial

Data: 22 de junho

Campo de futebol com grama sintética, localizado na rua Professor Ana Maria Bernardes, ao lado do estádio Nogueirão. Investimento: R$ 393.386,17.

8. MUVE

Data: 23 de junho

Serão entregues o MUVE – Museu Virtual da Educação e o Arquivo Histórico “Historiador Isaac Grinberg”, localizados no Casarão da rua Coronel Souza Franco, 917, no Centro.

O MUVE conta com recursos tecnológicos de última geração apresentando a história de Mogi das Cruzes de forma interativa.

O espaço foi totalmente restaurado por meio de um convênio da Prefeitura de Mogi das Cruzes com o Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID) da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania. Investimento de R$ 2.522.944,48, sendo R$ 2.065.370,00, do Governo Estadual e R$ 457.574,98 de contrapartida da Administração Municipal.

9. Creche Jardim Aeroporto II

Data: 24 de junho

O Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) Professor Dirceu do Valle, no Jardim Aeroporto II, está localizado na rua Turquia, 417.

Atenderá 200 alunos de zero a três anos em período integral. Construída no novo modelo sustentável, a creche tem sete salas de atividades, dois berçários, pátio coberto/refeitório, além das áreas pedagógica, administrativa, serviços e de convívio. Investimento: R$ 2.551.913,58.

10. Campo de futebol do Parque Olímpico

Data: 25 de junho

Campo de futebol com grama sintética, quadra de streetball, playground e melhoria na praça existente no encontro da avenida Júlio Simões e avenida Municipal. Investimento: R$ 352.000,00.

11. Recapeamento da avenida Henrique Eroles

Data: 26 de junho

Recapeamento de cerca de 2 km da avenida Henrique Eroles, entre a rua Ipiranga e o Jardim Ivete. Investimento: R$ 1.520.000,00.

12. UPA 24h Jundiapeba

Data: 27 de junho

A Unidade de Pronto Atendimento 24 horas de Jundiapeba é a terceira UPA de Mogi das Cruzes, construída em uma região estratégica e populosa da cidade para garantir atendimento de urgência e emergência com qualidade e segurança.

A nova UPA está localizada na rua Francisco Soares Marialva, esquina com a rua Cecília da Rocha, próximo a outros equipamentos municipais e com fácil acesso. Possui cerca de 3 mil metros quadrados de área construída e capacidade para realizar até 8 mil atendimentos por mês. O investimento é de R$ 3.729.902,55.

13. Campo de futebol do Conjunto Cocuera

Data: 28 de junho

Campo de futebol com grama sintética na praça localizada na rua Ernesto Ferreli, que também recebe revitalização geral. Investimento: R$ 172.340,00.

14. Pavimentação da avenida Katsuji Kitaguchi

Data: 29 de junho

Implantação de serviços de drenagem, guias, sarjetas e colocação de asfalto na via. Investimento: R$ 695.000,00.

15. Creche Vila Natal

Data: 30 de junho

O Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) Anésio Urbano, na Vila Natal, está localizado na rua Manoel Inacio da Silva Alvarenga esquina com a rua Desidério Jorge.

No espaço com dez soluções sustentáveis serão atendidos 200 alunos de zero a três anos em período integral. A creche tem sete salas de atividades, dois berçários, pátio coberto/refeitório, além das áreas administrativa, pedagógica e serviços. Investimento: R$ 2.339.809,73.

16. Campo de futebol da Vila da Prata

Data: 1º de julho

Campo de grama sintética, quadra de streetball e pista de caminhada e fica na rua Joaquim Cardoso, ao lado da Unidade Básica de Saúde. R$ 357.000,00.

17. Drenagem da avenida Áurea Martins dos Anjos

Data: 2 de julho

Implantação de 500 metros de novas galerias de águas pluviais na avenida Áurea Martins dos Anjos e 100 metros de galerias na alameda Santo Ângelo para melhorar o escoamento da água. Investimento: R$ 450.000,00.

18. Complexo Esportivo da Vila Ressaca

Data: 3 de julho

Campo de futebol de grama natural, quadra de streetball, ATI, pista de caminhada e playground, no encontro ruas Antônio Fernandes e Clara Machado Neto. Investimento: R$ 348.000,00.