Secretário de Cultura por oito anos, Mateus Sartori receberá o titulo de Cidadão Mogiano
A Câmara Municipal de Mogi aprovou o Projeto de Decreto Legislativo 10/2020 que concede ao atual secretário de Cultura, Mateus Sartori, o título honorífico de Cidadão Mogiano pelos relevantes serviços prestados ao município/ Foto: Divulgação
Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde

A Câmara Municipal de Mogi das Cruzes aprovou, na sessão ordinária do último dia 15 de dezembro, o Projeto de Decreto Legislativo 10/2020, que concede ao atual secretário de Cultura, Mateus Sartori, o título honorífico de Cidadão Mogiano, pelos relevantes serviços prestados ao município.

Mateus Sartori Barbosa nasceu em 19 de janeiro de 1978 na cidade de Franca – SP. É técnico em Processamento de Dados pelo Colégio Policursos, concluído no ano de 1995.

Sartori também é graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), além de ter se graduado em Gestão de Turismo pela Universidade de Santa Catarina (UNISUL) em 2019.

O homenageado também é pós-graduado, no ano de 2017, em Gerente de Cidades pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e também em Cultura: Plano e Ação pela Universidade de São Paulo (USP), em 2019. Além disso, cursou Gestão Cultural pelo Centro de Pesquisa e Formação do SESC (CPF-SESC).

Estudou canto erudito e regência na Escola Municipal de Música de São Paulo e Universidade Livre de Música Maestro Tom Jobim (EMESP).

Possui cursos de aperfeiçoamento técnico em Canto Popular e Regência nas cidades de Londrina-PR, Curitiba-PR, Campos do Jordão-SP e Itajaí-SC.

Mateus também possui cursos complementares nas áreas de Planejamento Estratégico e Empretec (Sebrae-SP), Elaboração e Gerenciamento de Projetos Culturais, Leis de Incentivo, Fomento e Mercado Cultural, Economia Criativa, Contas Públicas, entre outros.

Músico profissional desde 1996, possui seis álbuns lançados e dividiu o palco com grandes nomes da música brasileira, entre ele: Ivan Lins, Jorge Vercilo, Danilo Caymmi, Guinga, Guilherme Arantes, entre outros.

É autor do livro “Política Cultural. Uma Construção Coletiva” que trata de suas experiências a frente da Secretaria de Cultura na maior cidade do Alto Tietê.

Secretário de Cultura de Mogi das Cruzes desde 2013 e, a partir de 2017, acumulando o cargo de coordenador de Turismo, é ainda responsável pelas ações da juventude da Prefeitura de Mogi das Cruzes