Deputado Marcos Damásio presta contas do trabalho que desenvolveu por Mogi e cidades da região em 2019 e 2020
O deputado Marcos Damásio é o primeiro a prestar contas (a partir das perguntas do Jornal Oi) sobre o que fez nos dois primeiros anos desse mandato por Mogi e região/ Foto: Divulgação
Tenda Atacado

Neste mês de fevereiro o Jornal Oi cobrou dos deputados estaduais eleitos pelas cidades do Alto Tietê um balanço sobre as ações (e resultados) desenvolvidas em 2019 e 2020 (primeiros dois anos do atual mandato) e cobrou também dos parlamentares a divulgação das principais metas para este ano.

Tanto no que se refere ao envio de emendas quanto à busca de obras e investimentos para as cidades desta região.

Para facilitar a vida dos leitores e valorizar o trabalho e as informações dos deputados, a reportagem vai dividir as informações transmitidas.

Na primeira reportagem o Jornal Oi destaca o balanço apresentados pelos deputados sobre os dois primeiros anos do mandato atual.

Em uma segunda reportagem o Jornal Oi destacará as metas apontadas pelos parlamentares para o ano que ainda está começando.

O deputado Marcos Damásio (PL) é o primeiro a prestar contas (a partir das perguntas do Jornal Oi) sobre o que fez nos dois primeiros anos desse mandato por Mogi e região. Confira:

Jornal Oi – Nos dois primeiros anos do atual mandato quais foram os valores das emendas parlamentares enviadas para as cidades de Suzano, Poá, Ferraz, Itaquaquecetuba, Mogi, e Arujá?

Jornal Oi – Para quais ações e projetos foram enviadas às emendas para cada uma das cidades citadas acima?

Jornal Oi – E para quais entidades (a exemplo das Apaes) foram enviadas emendas nos dois primeiros anos do atual mandato pelo deputado em cada uma das cidades destacadas acima?

Jornal Oi – Qual o valor enviado para cada uma dessas entidades em 2019 e 2020?

Deputado Marcos Damásio: Em 2020 foram destinadas emendas para Itaquaquecetuba (150 mil para custeio da Saúde); Mogi das Cruzes (950 mil para custeio da saúde e compra de equipamentos), além de 200 mil para o Bunkyo (Festa Akimatsuri) e outros 100 mil para o Lar Batista (reforma); e Poá (200 mil para custeio da Saúde).

Devido à pandemia, este foi um ano com menos recursos, perfazendo um total para essas cidades de R$ 1,6 milhão.

Em 2019 foram destinadas emendas parlamentares para Ferraz de Vasconcelos (200 mil para Saúde, mas bloqueados por problemas no cadastro da prefeitura); Itaquaquecetuba (300 mil para recape de vias); Mogi das Cruzes (970 mil para custeio e compra de equipamentos para Saúde) e outros 100 mil para a Apae de Mogi (saúde); ainda para a cidade mogiana foram destinados outros 1,2 milhão para o recape ou pavimentação de vias; Poá (550 mil para Saúde e 200 mil para recape de via); por fim, Suzano (200 mil para Saúde). O total para essas cidades foi de R$ 3.720.000,00 neste ano.