Tenda Atacado

O ex-presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), afirmou que não precisa ser candidato nas eleições presidenciais de 2022, mas que se coloca à disposição para concorrer ao cargo de presidente se for necessário para derrotar o Bolsonarismo. Lula realizou a declaração em uma entrevista concedida ao UOL Entrevista.

O petista afirmou que a decisão vai depender de diversas circunstâncias. O ex-presidente, no momento, está inelegível por causa de condenações em segunda instância no âmbito da Operação Lava Jato, mas está procurando reverter a situação no STF (Supremo Tribunal Federal).

Lula ressaltou que é necessário haver uma razão maior para que ele se candidate a presidente da República novamente, mas na sequência reafirmou seu antagonismo ao atual presidente, Jair Bolsonaro.

No campo da direita, Lula acredita que a única candidatura clara de direita no atual momento é a de Bolsonaro.

Na esquerda, o ex-presidente afirmou no início de Fevereiro que seu candidato a presidência seria novamente Fernando Haddd (PT), mas ressaltou que há tempo para fazer essa decisão.