Jornal Oi questiona a Prefeitura sobre o maior pacote de obras e ações para a mobilidade em Suzano
O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, anunciou em julho uma série de melhorias para a mobilidade urbana do município/ Foto: Wanderley Costa/Secop Suzano
Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde

Neste mês de setembro o Jornal Oi questionou o governo de Suzano sobre o início e andamento das obras e ações de um pacote de mobilidade anunciado pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) há cerca de 40 dias.

Na oportunidade o prefeito e integrantes do governo afirmaram que o pacote seria o maior da história de Suzano no que se refere à mobilidade.

Confira a seguir os esclarecimentos do governo suzanense:

Jornal Oi – Passados 40 dias do anúncio do maior pacote de obras e ações de mobilidade da história de Suzano, quais obras e ações foram efetivamente iniciadas e em que fase elas estão?

Jornal Oi – Quais outras obras, projetos ou ações do pacote de mobilidade serão iniciados ainda neste mês?

Jornal Oi – Quais obras e ações do pacote ainda não têm prazo para começar?

Os esclarecimentos do governo de Suzano 

A Prefeitura de Suzano informa que, para este ano ainda, está previsto o início das obras de recapeamento de importantes vias públicas da região central e de bairros da periferia da cidade – em especial da avenida Antônio Marques Figueira e das ruas Benjamin Constant e Dr. Felício de Camargo – e também de prolongamento da avenida Senador Roberto Simonsen.

Um trabalho que está prestes a começar é o de revitalização do Terminal de Transportes Urbanos Vereador Diniz José dos Santos Faria, o Terminal Norte.

A responsável pela obra é a empresa concessionária Radial Transporte, cujo projeto elaborado ainda está sendo analisado pela Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação.

Já a construção de uma nova alça no viaduto Leon Feffer e a implantação de um terminal no distrito de Palmeiras estão em tratativas e em estudo, respectivamente.

Quanto aos novos serviços previstos, os passageiros já contam com o atendente virtual “Chama Radial”, voltado a solicitações, consulta ao saldo do bilhete eletrônico e cancelamentos, que funciona pelo aplicativo Telegram (procurar por @oncardbot).

Além disso, a previsão é de que a concessionária ofereça até dezembro a possibilidade de acompanhamento por GPS dos ônibus das linhas municipais. Neste caso, será pelo aplicativo para celular CittaMobi.