Itaquá deve receber R$ 3,1 milhões canalizar córrego e construir terminal de ônibus no Parque Piratininga
O deputado estadual André do Prado esteve na cidade para a assinatura do convênio feita pelo prefeito delegado Eduardo Boigues/ Foto: Divulgação

Itaquaquecetuba vai receber R$ 2,7 milhões, por meio do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (FUMEFI), para realizar a canalização do córrego no bairro Parque Piratininga.

O deputado estadual André do Prado esteve na cidade para a assinatura do convênio feita pelo prefeito delegado Eduardo Boigues.

O ato contou com a presença do secretário executivo do fundo, Vivaldo Filho Santos, do vereador Edson Moura e de secretários municipais.

O investimento vai atender uma demanda antiga dos moradores do bairro. A revitalização do córrego que passa pelas ruas Ana Plácido, Antero de Quental, Almeida Garret e Basílio da Gama.

No evento, o deputado André do Prado oficializou, ainda, a destinação de uma emenda parlamentar de R$ 400 mil para ser utilizada na construção de um terminal de ônibus no bairro.

“A pedido do prefeito delegado Eduardo e do vereador Edson, eu trabalhei muito no Governo do Estado pela liberação desse investimento, que será utilizado para canalização do córrego do bairro. É um sonho da comunidade. Essa conquista é fruto do trabalho e parceria. Agradeço o apoio do governador João Doria e também do vice-governador Rodrigo Garcia que atenderam nosso pedido”, comentou André do Prado.

O prefeito delegado Eduardo Boigues agradeceu ao deputado André do Prado pelo trabalho e por ajudar Itaquaquecetuba na conquista dos investimentos.

“É uma grande notícia para a nossa cidade, que recebe R$ 2,7 milhões para canalizar o córrego e mais R$ 400 mil para a construção do terminal de ônibus no Parque Piratininga. A população de Itaquá agradece todo o apoio”, acrescentou o prefeito.

O vereador Edson Moura, que mora e trabalha pelo progresso do bairro, ficou feliz com a conquista.

“Só tenho que agradecer. A canalização do rio e o terminal de ônibus são pedidos antigos dos moradores. Agradeço muito ao deputado André do Prado por ajudar na conquista dos investimentos, que farão toda a diferença no Piratininga” disse Edson Moura.

Em seguida, a convite do prefeito delegado Eduardo Boigues, o deputado André do Prado, acompanhado pelo vereador Edson Moura e pelo ex-vereador Arnô Cabeleireiro visitou a nova pista de caminhada e bicicleta na Vila São Carlos.

Para o local, o deputado André do Prado anunciou a destinação de uma emenda parlamentar de R$ 350 mil que será utilizada na construção de uma concha acústica.

Novas vicinais e modernização da SP-56 

No início da semana, o Governo do Estado anunciou a nova fase do programa Novas Estradas Vicinais, lançado pelo governador João Doria e pelo vice-governador Rodrigo Garcia.

As estradas dos Índios – 6 quilômetros de extensão, do Campo Limpo – 3,8 quilômetros e do Pinheirinho – 11 quilômetros – foram incluídas no programa e serão recuperadas.

Em maio deste ano, o deputado André do Prado e o prefeito delegado Eduardo Boigues estiveram com o vice-governador Rodrigo Garcia no Palácio dos Bandeirantes para solicitar esse investimento.

“São mais de R$ 23 milhões na recuperação de três estradas vicinais de Itaquaquecetuba. Uma conquista importante, que vai impactar na mobilidade da população, uma vez que são corredores que cortam vários bairros e concentram grande volume de veículos” comentou o parlamentar.

Os deputados André do Prado (Estadual) e Marcio Alvino (Federal) acompanham, ainda, a licitação para a duplicação da rodovia Alberto Hinoto (SP-56), entre Arujá e Itaquaquecetuba.

No mês passado, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) realizou a audiência pública para apresentar a obra que será realizada.

Em breve, o DER lançará o edital para contratar a empresa que fará o serviço.

“Desde 2018 trabalhamos nesse projeto. Envolvemos a comunidade com um abaixo-assinado e conseguimos colocá-lo na lista de prioridade do Governo do Estado. Essa será a maior obra de mobilidade no Alto Tietê, com um investimento previsto de R$ 400 milhões. A duplicação prevê faixas exclusivas de ônibus, ciclovia e faixas para o trânsito de carros”, relembrou André do Prado.