Isso é que é gestão: governo de Poá revela não ter gasto nenhum dinheiro da prefeitura no combate a Covid em 2021
Poá enfrenta uma grave situação de calamidade financeira, o que dificulta e impossibilita investimentos da cidade no combate à pandemia do coronavírus/ Foto: Rodrigo Nagafuti – Secom Poá
Colégio Eduki

O Jornal Oi tem procurado realizar o levantamento nas cidades do Alto Tietê sobre os valores investidos no combate à pandemia do novo coronavírus e também referente ao atendimento da assistência social com as pessoas em situação de vulnerabilidade social nos municípios.

Na semana que passou a reportagem do Jornal Oi enviou questionamentos ao atual governo de Poá, comandado pela prefeita Marcia Bin do Testinha (PSDB).

O município enfrenta uma grave situação de calamidade financeira, o que dificulta e impossibilita investimentos da cidade no combate à pandemia do coronavírus.

De acordo com as respostas do executivo municipal poaense, não foram utilizados recursos próprios desde o início deste ano no combate à pandemia e segundo informações emitidas, também pelo atual governo, aproximadamente 3.799 famílias foram atendidas pela assistência social.

Confira abaixo os questionamentos enviados pela reportagem do Jornal Oi:

Jornal Oi – Nos primeiros 120 dias deste ano quanto a prefeitura de Poá investiu de dinheiro para combater a Covid?

Jornal Oi – Qual foi o apoio que o governo de Poá recebeu dos governos federal e estadual nestes quatro meses para combater a Covid na cidade?

Jornal Oi – Nos quatro primeiros meses deste ano quanto à prefeitura arrecadou de alimentos e de outros produtos para doar para as pessoas vulneráveis?

Jornal Oi – Quantas famílias receberam ajuda da prefeitura até o final de abril?

Confira a resposta emitida pela prefeitura de Poá 

Informamos que não foram destinados recursos próprios com o código de aplicação 3120000 específico no combate a Covid.

Efetivamente, foi recebido recurso apenas do governo do Estado através da Resolução SS – 38, de 09-03-2021 – Vlr. 39.600,00.

Existe previsão de recebimento de 329.169,60 decorrentes da Resolução SS – 46, de 23-03-2021.

De acordo com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, 3.799 famílias foram atendidas desde o início do ano, incluindo a Secretaria, Fundo Social, CRAS e CREAS.