Médico suzanense oferece saúde e prazer: Maurice Youssef Franciss cuida das pessoas no Brasil e produz vinhos no Líbano
Em entrevista exclusiva ao Jornal Oi, o médico suzanense Maurice Youssef Franciss fala de sua satisfação em curar seus pacientes e produzir vinhos de qualidade/ Foto: Divulgação
Tenda Atacado

Essa é a história de um destacado médico, cirurgião e professor de medicina suzanense que cuida de vidas no eixo Suzano – São Paulo e que nos últimos anos incluiu em sua extensa lista de atividades a produção e importação de vinhos.

Importação sim, porque as bebidas da Ishtar Wine Brasil são produzidas e engarrafadas no Líbano, na vinícola que fica em uma região deste País do Oriente Médio que já é reconhecida internacionalmente pela produção de azeites de alta qualidade.

Em entrevista exclusiva ao Jornal Oi o médico suzanense Maurice Youssef Franciss, 41 anos, fala de sua satisfação em curar seus pacientes e produzir vinhos de qualidade para libaneses, brasileiros e todo o mundo.

Vocacionado: Maurice é cirurgião-geral e do aparelho digestivo. Médico atende em Suzano e SP 

O susanense da gema Maurice Youssef Franciss, de 41 anos, nunca teve dúvidas sobre qual seria a sua formação profissional.

“Desde pequeno gostava de medicina e senti que essa era a minha vocação. Na hora de decidir fazer um curso superior, medicina foi a minha primeira opção. Me formei em medicina em 2003, como cirurgião-geral e do aparelho digestivo. Também sou especializado em cirurgias de obesidade”, revela o médico que cuida de pacientes em hospitais da rede pública e particulares.

Atualmente o cirurgião-geral e do aparelho digestivo faz atendimentos em Suzano e em São Paulo.

“Nasci em Suzano e mantenho fortes vínculos com a cidade. Em  Suzano atendo na Clínica Saint Nicholas. Na Capital o atendimento aos pacientes é oferecido na clínica Gastromed”, explica o médico que em 2020 está completando 17 anos de carreira.

Maurice Francis não hesita ao responder quando é questionado se a medicina lhe garante o sentimento de realização profissional.

“Não tenho dúvidas, tenho vocação para o exercício da medicina e me sinto realizado com  tudo o que já construí nessa carreira. Desde o início procurei dar o melhor de mim em cada contato com os pacientes e em cada procedimento. O tempo inteiro procurei me especializar ao máximo, inclusive com um curso de mestrado. Pretendo continuar aprendendo para oferecer o melhor tratamento aos pacientes e formar profissionais de medicina (médicos) qualificados para cuidar das pessoas. Sou professor universitário e busco a titularidade com a finalidade de ampliar minhas possibilidades de transmitir conhecimentos e formar novos profissionais”, destaca o médico e professor que é de origem libanesa e viu em sua origem a possibilidade de desenvolver uma nova atividade que logo descobriu ser tão apaixonante, quanto é o exercício (e aprendizado que deve ser diário) da medicina: a produção de vinhos.

Família já produzia azeite no Darbechtar. Produção de vinhos começou em 2015   

Jornal Oi – Como a produção, importação e comercialização entraram na vida do médico e professor de medicina?

Em resposta a essa pergunta, Franciss revela que os seus pais são libaneses e que parte da sua família cultiva, faz muitas décadas, oliveiras (para a produção de azeite) na região Norte do Líbano.

E neste ponto Maurice Franciss explica em detalhes a região onde integrantes de sua família tornaram-se, ao longo dos tempos, referência na produção de azeite.

“Koura é um dos 36 distritos do Líbano, particularmente conhecido pelo seu cultivo de Oliveira e da produção de azeite. O distrito se estende desde o mar Mediterrâneo até o Monte Líbano, e compreende uma série de colinas que cercam uma planície onde o azeite é cultivado. Darbechtar é uma vila situada na periferia do Sudeste do Distrito Koura no Norte da República do Líbano. O nome da aldeia é derivado das palavras em aramaico, Dar e Ishtar, ou seja, a Casa de Astarte. Acredita-se que a vila foi o local de um santuário fenício antigo para a deusa da fertilidade”, destaca Franciss em relação à região onde ele e seu tio Jorge Francis decidiram apostar no cultivo de uvas para a produção de vinho.

“Essa região muito bonita do Líbano tem tradição no plantio de oliveiras e produção de azeite, mas não era reconhecida como produtora de vinhos. Após diversos estudos e avaliações de solo, clima e de mercado nossa família chegou à conclusão que a região poderia produzir uvas e vinho de qualidade. Iniciamos o cultivo das uvas e a produção dos vinhos faz cinco anos. O passo seguinte, após, o início da plantação das frutas e instalação da vinícola, foi à abertura de uma importadora que é responsável pela distribuição do vinho e também do azeite que produzimos nesta região de Darbechtar. Ishtar é o nome do vinho produzido em nossa vinícola boutique”, diz o produtor que também revela as origens do nome da bebida que em Suzano pode ser adquirida na loja especializada Arq Vinhos.

Maurice reforça que na região onde está a vinícola e mesmo em todo o Líbano, muitos acreditam que a vila (aldeia) foi o local de um santuário fenício antigo para a deusa da fertilidade.

Inanna, em sumério e Ishtar, em acádico era a mais célebre das deusas no panteão mesopotâmico, tinha como atributo a feminilidade, o amor e o sexo, mas também era a soberana da guerra.

Para os libaneses, a associação dos aspectos amorosos e combativos de Ishtar não é contraditória, uma vez que eles são decorrentes de seu status de rainha e de seu poder de associar os contrários, de buscar as inversões e de transgredir as proibições.

Portanto, o vinho produzido pelo médico suzanense e seus familiares no Líbano, é uma homenagem a  mais célebre das deusas no panteão mesopotâmico: Ishtar.

A satisfação de levar saúde, satisfação e prazer às pessoas

Maurice Francis acrescenta que os vinhos Ishtar estão sendo muito bem recebidos pelos consumidores no Brasil e no Líbano.

“A nossa produção ainda é pequena, pois estamos no início e a nossa grande prioridade é entregar um vinho de qualidade. Tanto quanto a medicina, a produção de vinhos me traz muita satisfação. Cuidar da saúde das pessoas e produzir e oferecer vinhos que gerem momentos de prazer e alegria para quem consome gera em mim um sentimento de realização. No Brasil temos a maior comunidade de libaneses fora do Líbano. É para todos os libaneses que estão aqui e para todos os brasileiros que estamos produzindo vinhos de qualidade”, completa Youssef.

Confira a seguir os contatos da Ishtar Wine Brasil e informações sobre os principais vinhos produzidos pela família do médico Maurice Youssef Franciss.

  • Site: www.ishtarwinebrasil.com.br
  • WhatsApp: (11) 95817-3665