Hospital Santa Maria inicia reforma da Maternidade. Mais de 3,3 mil bebês já nasceram no local
Desde 2017, nasceram na unidade 3.320 bebês (1.020 no primeiro ano, 1.173 em 2018 e 1.127 no ano passado)/ Foto: Divulgação
Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde

O Hospital Santa Maria de Suzano iniciou nessa sexta-feira, 31, uma ampla reforma nas dependências da Maternidade, que receberá um novo investimento de R$ 500 mil no momento em que completa três anos de funcionamento com capacidade para 150 partos mensais mantendo o compromisso de segurança, eficiência e humanização.

A estimativa é superior a R$ 15 milhões aplicados até o momento.

Desde 2017, nasceram na unidade 3.320 bebês (1.020 no primeiro ano, 1.173 em 2018 e 1.127 no ano passado).

Houve 4 óbitos em cada ano, ou seja, praticamente uma taxa de 4 bebês para cada mil nascidos vivos, índice inferior àquele registrado no País em 2019 – 12,4 a cada mil nascidos vivos.

E abaixo do Espírito Santo, Estado brasileiro com o melhor índice no mesmo período: 8,1. Os números são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As obras devem ser concluídas no primeiro trimestre deste ano e garantirão o reforço do bem-estar de mães e recém-nascidos.

Será feita uma ampla reforma nos oito quartos que compõem o complexo para a troca de todo o mobiliário, seguindo a evolução permanente de conceitos de hotelaria verificada também nas principais maternidades brasileiras.

O projeto prevê também pintura, decoração e adesivagem características para reforçar a proposta de acolhimento permanente neste momento importante da vida, inclusive para os familiares, transmitindo a sensação de que o hospital é uma extensão do lar com a estrutura adequada para a prestação de serviços específicos em saúde com excelência e compromisso de resolutividade.

Para isso, os apartamentos serão personalizados, atendendo aos anseios das pacientes, tornando a permanência agradável e harmoniosa.

O hospital também irá abrir dois quartos no padrão luxo, maiores e com antessala e amplas bancadas (inclusive para escritório) e TVs de alta definição e conectividade.

Estas melhorias reforçam o Hospital Santa Maria de Suzano enquanto centro de referência em Ginecologia e Obstetrícia.

O acompanhamento da mulher em todos os instantes da gravidez é um dos principais diferenciais, aliado à qualificação do corpo clínico composto por aproximadamente 60 profissionais.

Existem metas para manter e incrementar o desempenho dos médicos a partir da atualização e de escalas planejadas para garantir o máximo de excelência, seguindo os rigorosos critérios do Conselho Regional de Medicina (CRM).

O hospital conta com o suporte de 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal e 10 de UTI Adulto para intercorrências, sempre perseguindo a recuperação rápida de seus pacientes.