Coordenadora de enfermagem da UPA do Jardim Caiuby é a primeira pessoa vacinada contra a Covid em Itaquá
Gizelia tem 39 anos, mora em Itaquá e começou como auxiliar de enfermagem no Programa Saúde da Família/ Foto: Verônica Ribeiro
Tenda Atacado

“A esperança chegou através da vacina”. Essas foram as palavras usadas por Gizelia Lopes Duque, coordenadora de enfermagem da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h, do Jardim Caiuby, para descrever a emoção de ser a primeira vacinada contra a Covid-19 em Itaquaquecetuba.

Gizelia tem 39 anos, mora em Itaquá e começou como auxiliar de enfermagem no Programa Saúde da Família (PSF).

Há 16 anos dedica sua vida à saúde e, na semana passada, perdeu sua mãe para o vírus. Seu pai chegou a ficar na UTI também, mas felizmente se recuperou.

“Fico muito contente de ser a primeira, de saber que já temos a vacina no município, que a esperança está chegando porque essa é uma doença terrível do começo ao fim. Então a gente vê uma esperança de que essa pandemia, esse vírus, seja erradicado. Pelo menos é o que esperamos”, acrescentou ela por meio do Departamento de Comunicação do novo governo de Itaquá.

Doses da vacina chegaram na madrugada desta quinta-feira

As 1.880 doses chegaram em Itaquá na madrugada desta quinta-feira, 21, e a primeira dose foi aplicada em um evento que ocorreu na Secretaria de Saúde esta manhã com a presença do prefeito Eduardo Boigues, a primeira dama Mileide Prates Queroz, o vice Vando Estouro, o secretário de Saúde Edson Rodrigues, demais secretários e vereadores.

“Gostaríamos muito de ter vacina para todo mundo, mas infelizmente só chegaram 1.880 doses. Vamos lutar com o Governo do Estado para ter mais”, declarou o prefeito, que voltou a pedir aos munícipes que se cuidem, lavem as mãos, usem álcool em gel e saiam de casa somente quando necessário. Em seguida, a vacina foi aplicada em Gizelia.

“É um marco para a história de Itaquaquecetuba. É uma vitória para todos que estão sofrendo com essa terrível doença que assolou o planeta. A esperança chegou no nosso município, junto com essa vacina”, ressaltou o prefeito.

“Se Deus quiser, essa curva vai diminuir e nós temos muitas novidades boas na saúde, graças ao prefeito que está dando carta branca para fazermos o melhor para a população de Itaquaquecetuba”, disse o secretário de Saúde.