Generosos, vereadores aplaudem prefeito Caio Cunha e o governador João Doria por trabalho na pandemia
Vereadores de Mogi fizeram votos de aplausos e congratulações ao prefeito Caio Cunha pelo trabalho realizado no processo de vacinação na cidade/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Guararema

Na sessão ordinária desta terça-feira, 13, os vereadores de Mogi das Cruzes aprovaram a Moção 48/2021, que consignou votos de aplausos e congratulações ao prefeito Caio Cunha (Pode) pelo trabalho realizado no processo de vacinação na cidade.

Os vereadores policial Maurino e Marcos Furlan, autores da Propositura, enalteceram a celeridade da vacinação na cidade e ações da prefeitura que proporcionaram um melhor atendimento aos cidadãos, como a criação de um aplicativo para agendamento e aumento dos profissionais para a aplicação da vacina.

“É uma forma de reconhecermos o trabalho do prefeito Caio Cunha em relação à vacinação em Mogi das Cruzes. O trabalho desenvolvido pela equipe da Prefeitura pode ser aplaudido de pé”, ressaltou o policial Maurino.

‘Hoje a gente tem percebido e não temos recebido críticas, mas elogios pela celeridade no agendamento e na vacinação em nosso Município. Temos que aplaudir e elogiar sim quando as coisas são corrigidas”, complementou o vereador Marcos Furlan (DEM).

O vereador José Luiz (PSDB), por sua vez, estendeu os votos de aplausos aos servidores públicos, que sempre estão servindo os cidadãos de Mogi das Cruzes.

“Um momento muito oportuno para que a gente possa valorizar os servidores que trabalham todos os dias. Tudo o que acontece em nossas vidas, desde o nascimento tem o envolvimento de um servidor público”, declarou.

João Doria recebe aplausos da Câmara por novos leitos no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti    

A Câmara Municipal também aprovou na sessão ordinária desta terça-feira, 13, o documento, de autoria do presidente da Casa, vereador Otto Rezende (PSD), consignou votos de aplausos e congratulações ao governador João Doria (PSDB) pelo aumento de leitos no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti.

“Até o final do mês serão noventa leitos. Esta que era uma demanda antiga de nossa cidade, muito defendida por esta Câmara Municipal como forma de aliviar o nosso sistema municipal de saúde e garantir uma nova margem de trabalho para o município, agora se torna a certeza que podemos evitar o colapso dos demais hospitais públicos e privados, desde que haja a colaboração da população”, justificou Rezende.

Atualmente o Hospital, no Distrito de Jundiapeba, está operando com 38 leitos de enfermaria, e 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para o tratamento exclusivo de casos de Covid-19. Com a ampliação o Hospital pode chegar a 90 leitos no total.