Fim de semana em Suzano é marcado por fiscalizações em bares e parques
Segundo o diretor da Vigilância Sanitária, Mauro Vaz, esta primeira etapa da fiscalização tem se concentrado na região central, pois é a área identificada com a maior concentração de pessoas no momento/ Foto: Wanderley Costa/Secop Suzano
Tenda Atacado

A Prefeitura de Suzano segue com trabalhos conjuntos de fiscalização para garantir que o uso e exigência do “passaporte da vacina” seja respeitado, assim como as demais medidas de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Da última quinta-feira ao sábado (16 a 18), agentes municipais vistoriaram a atuação de inúmeros bares e casas de show na região central, além de dois parques temáticos da cidade.

A operação foi realizada por servidores da Vigilância Sanitária, com apoio do Departamento de Fiscalização de Posturas.

Ao longo dos três dias, eles passaram por diversos estabelecimentos da malha central para acompanhar se o decreto municipal nº 9.677/2021, que diz respeito à exigência da apresentação do comprovante de imunização, está sendo respeitado.

Nas oportunidades, tanto cidadãos como comerciantes foram abordados e receberam orientação adequada.

Aqueles que não estavam a par da nova exigência do comprovante de vacinação foram orientados a baixar em seus dispositivos celulares o aplicativo “Conecte SUS”, do Ministério da Saúde, ou providenciar o documento físico.

O “passaporte da vacina” é obrigatório para que as pessoas possam ter acesso a bares, casas de show, baladas, parques, teatros, cinemas, estádios, ginásios, seminários e eventos com mais de 300 pessoas.

Segundo o diretor da Vigilância Sanitária, Mauro Vaz, esta primeira etapa da fiscalização tem se concentrado na região central, pois é a área identificada com a maior concentração de pessoas no momento.

Ele ainda destacou que as ações também acontecem ao longo da semana e, em breve, deverão ser expandidas para outros pontos do município.

Além dos bares, os agentes municipais também observaram a atuação e adesão de dois parques temáticos da cidade.

As equipes monitoraram a exigência do documento por parte dos funcionários e a postura dos clientes para ter acesso aos locais, além das demais medidas de segurança, como uso de máscaras, aferição de temperatura, oferta de álcool gel e distanciamento social.

“Temos tido um retorno muito positivo por parte dos donos de bares. Este primeiro momento é essencial para conscientizarmos os empresários da cidade sobre a nova exigência e, claro, dar orientações para a população, pois nem todos já se habituaram a carregar o documento consigo. O respeito ao passaporte da vacina é importante, pois nos garante um retorno seguro para o uso de ambientes que concentram muitas pessoas. São ações voltadas para preservar a saúde pública e manter a pandemia da Covid-19 sob controle, portanto contamos com a colaboração de todos”, concluiu Mauro Vaz.