Ferraz ‘jura’ que Martinelli não faz parte da gestão Gambale, que não é remunerado e que não indicou secretários/as
Com a condenação confirmada o Jornal Oi questionou o atual governo de Ferraz (comandado pela prefeita Priscila Gambale e o deputado Rodrigo Gambale) sobre as ligações de Martinelli com a atual gestão/ Foto: Divulgação
Governo do Estado de São Paulo

Nessa segunda-feira, 20, o Jornal Oi destacou a informação de que o Tribunal de Justiça manteve uma condenação ao ex-prefeito Jorge Abissamra em um processo sobre irregularidades praticadas no início do primeiro mandato (anos de 2005 e 2006) pela gestão do ex-prefeito.

Abissamra e também o seu secretário de Governo, Roberto Tasso Martinelli, além de outros servidores foram denunciados pelo Ministério Público em razão do abastecimento de ônibus de empresa privada nas bombas de combustíveis da prefeitura.

Com a condenação confirmada o Jornal Oi questionou o atual governo de Ferraz (comandado pela prefeita Priscila Gambale e o deputado Rodrigo Gambale) sobre as ligações de Martinelli com a atual gestão.

Isso porque Martinelli participa de praticamente todos os eventos do governo e da prefeita e diz abertamente que faz parte da gestão.

Jornal Oi – O senhor Roberto Tasso Martinelli tem (ou já teve) cargo remunerado no atual governo de Ferraz?

Governo de Ferraz: Não.

Jornal Oi – Quais funções de consultoria ele desempenha na atual gestão?

Governo de Ferraz: Nenhuma função.

Jornal Oi – O senhor Martinelli indicou quais dos atuais secretários/as municipais e diretores do atual governo?

Governo de Ferraz: Nenhum.