Governo do Estado de São Paulo

O microempresário e candidato a prefeito por Itaquaquecetuba, Fabiano Soares do PT, foi sabatinado durante a noite desta quarta-feira (21) na redação do Oi. O candidato falou sobre saúde, educação e geração de empregos.

O candidato iniciou a sabatina afirmando que adotou a forma e o jeito PT de fazer política, com a aplicação do método olho o olho, com todas os cuidados possíveis, neste novo normal após a pandemia do coronavírus.

Fabiano Soares fez uma análise sobre a afirmação de Delegado Eduardo Boigues na sabatina ao Jornal Oi, na ocasião, o candidato do PP disse que existe em Itaquaquecetuba dois grupos, sendo o primeiro, aquele que rouba, mas faz, o segundo, aquele que rouba e não faz nada e que será ele, o responsável pela mudança, Fabiano, não poupou palavras e alfinetou o adversário.

“É no mínimo irresponsável e incoerente uma afirmação desta forma. Primeiro, que ele erra quando fala minha cidade, haja vista, que ele mora em São Paulo, não deve ter dormido uma única noite em Itaquaquecetuba. Ele é do grupo pelo do incompetente, pois, como delegado de polícia a obrigação dele era de prender, já que ele afirma algo deste modo.” Alfinetou Fabiano.

Fabiano também alfinetou a candidata Adriana do Hospital, na qual classificou sendo a indicação do atual prefeito Mamoru Nakashima, logo em seguida, gritou também contra a candidatura de Heroílma, afirmando que ela faz parte de um grupo que já teve a oportunidade de fazer algo pela cidade, e nada conseguiu trazer de desenvolvimento.

Ao adentrar no tema da saúde, o candidato relembrou a quantidade de obras na área da saúde que o atual prefeito Mamoru Nakashima não conseguiu concluir e citou que é uma incompetência, o atual secretário de saúde, Willian Harada, afirmar que não havia como entregar prédios, sem conseguir ter verba para mantê-los.

“Nós vamos terminar estas obras e colocar para funcionar, vamos também, ampliar o horário de funcionamento dessas Unidades Básicas de Saúde e vamos distribuir por região, e uma UBS, em cada local escolhido, vai atender até às 22h da noite, para que o trabalhador consiga ir.” Ressaltou Fabiano.

O candidato afirmou que vai buscar emendas juntamente com deputados do PT e do PSOL para instalação de um Centro de Especialidades na cidade de Itaquaquecetuba, haja vista, que atualmente a população precisa ser transportada para outros municípios para a realização de exames.

O candidato do PT afirmou que pretende também a construção de nova Unidades de Pronto Atendimento e alfinetou o atual prefeito.

“O atual prefeito é uma vergonha, não conseguiu concluir a instalação de algumas UPA´s na cidade, no meu governo vamos entregar cinco e mostrar eficiência na saúde de Itaquaquecetuba.” Declarou Fabiano.

Na área da educação, o candidato a prefeito Fabiano Soares disse que pretende ampliar a quantidade de escola em período integral na cidade, onde segundo Fabiano, a educação será dividida em dois turnos, com a inclusão de cursos profissionalizantes e oficinas de artes.

“Tem verba. Falta para a administração de Itaquaquecetuba vontade, pois quem ajuda a financiar a educação da cidade é o governo federal. No primeiro momento a prefeitura precisa dedicar recursos próprios, depois que a educação apresentar resultados, vai haver investimento federal.” Declarou Fabiano.

Fabiano declarou que possui como meta, até o final do mandato, reduzir a fila de creches com recursos e investimento do governo federal. O candidato falou também sobre o projeto Cartão Merenda, que vai ser um apoio para os pais dos alunos complementar a alimentação das crianças do município.

No assunto geração de empregos, Fabiano Soares afirmou que pretende no primeiro ano de mandato gerar 5000 empregos.

“Vamos criar a Frente de Trabalho de Itaquaquecetuba, com mil vagas de trabalhos para a população, só por parte da prefeitura. Vamos retomar as obras e vai surgir emprego e um outro fato, será a modernização da cidade pela construção de um espaço coletivo onde a prefeitura possa atender o povo de maneira coletiva e isso vai aumentar a oferta de emprego para a cidade.” Declarou o candidato.

Fabiano classificou que a cereja do bolo para o desenvolvimento da cidade será o projeto tarifa zero, que deve reduzir o preço a zero da tarifa do transporte público e aumentar a circulação de pessoas no município, o que deve gerar aumento na compra de mercadoria dos comerciantes e estes, vão conseguir ofertar emprego na cidade, segundo o candidato.

O candidato encerrou a entrevista afirmando que possui reais condições de chegar ao segundo turno e vencer as eleições, com um debate propositivo com as melhores ideias e propostas em prol da cidade de Itaquaquecetuba.