Fábia Porto, ex-prefeita e candidata, denuncia os problemas de Santa Isabel, revela perseguição e destaca propostas
A ex-prefeita assegurou que a população de Santa Isabel já está bastante insatisfeita com o trabalho do novo prefeito/ Foto: Divulgação/ Jornal Oi
Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde

A ex-prefeita de Santa Isabel, Fábia Porto, que é candidata à deputada estadual pelo PP, participou no final da tarde dessa quarta-feira, 3, do ‘Vai Encarar?’, programa de entrevistas ao vivo do Jornal Oi.

Por mais de 50 minutos, a ex-prefeita conversou com os jornalistas sobre sua trajetória política, falou do trabalho que desenvolveu nos quatro anos em que comandou a prefeitura (entre 2017 e 2020), fez uma avaliação bastante crítica e negativa dos primeiros 18 meses da gestão do seu sucessor (sendo que o atual prefeito Carlos Chinchilla – foi o seu vice entre 2017 e 2020), revelou que estaria sendo perseguida politicamente e destacou que, no caso de ser eleita para a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), pretende trabalhar de forma mais intensa para melhorar a educação.

Fábia reforçou ainda que em caso de ser eleita pretende constituir uma equipe técnica em seu gabinete com a finalidade de apoiar de forma mais objetiva e resolutiva os prefeitos e as cidades na região.

A ex-prefeita assegurou que a população de Santa Isabel já está bastante insatisfeita com o trabalho do novo prefeito que na campanha eleitoral de 2020 (além de ter investido muito dinheiro) teria feito promessas que, agora, não conseguiu entregar principalmente porque estaria comprometido em honrar os caros compromissos que assumiu com os financiadores de sua campanha.

Ainda de acordo com ex-prefeita, os moradores estariam avaliando (agora) que eram felizes (no período em que ela foi prefeita), mas não sabiam.

Ainda de acordo com ex-prefeita e candidata para deputada, o novo prefeito fez questão de descontinuar diversos projetos e ações importantes que foram iniciadas em seu mandato na prefeitura e estaria patrocinando uma perseguição política contra ela.

“Tive as contas da prefeitura referentes aos anos de 2018 e 2019 aprovadas pelo Tribunal de Contas e reprovadas (em uma votação política) pelos vereadores, onde o prefeito tem maioria”, destacou Fábia Porto.

Ela também denunciou que o novo governo municipal estaria inviabilizando o andamento de um grande projeto turístico da iniciativa privada que foi iniciado em sua gestão.

Além de apresentar um raio-x do atual momento de Santa Isabel, a ex-prefeita detalhou alguns dos projetos que pretende desenvolver na Alesp para o benefício da cidade e da região do Alto Tietê.

Confira a entrevista na íntegra nas redes sociais do Jornal Oi.