Colégio Eduki

Durante sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) defendeu a prescrição de remédios sem comprovação científica e afirmou que cura dor de estômago com Coca-Cola.

“Quando eu tenho problema de estômago, alguém o que eu tomo? Quando eu vou em um churrasco e passo mal? Eu tomo Coca-Cola! E fica bão. É problema meu. O bucho é meu. Talvez a Coca-Cola, o meu bucho todo corroído pela Coca-Cola, me salvou da facada do Adélio”, disse Bolsonaro.

Antes, Bolsonaro chamou de “canalhas” as pessoas que condenam a prescrição da cloroquina para curar Covid.