Prefeitura de Guararema

O presidente Jair Bolsonaro vai se filiar ao Patriota. A notícia foi fornecida pelo senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente, durante uma convenção virtual do partido nesta segunda-feira (31).

Flávio também deve se filiar ao partido. Recentemente, o senador anunciou o seu desligamento do Republicanos. A troca de partido aconteceu para que ele ajudasse o presidente a encontrar uma nova legenda para disputar as eleições no ano que vem.

“Agora, com Bolsonaro na Presidência da República, não tenho dúvida que a gente pode construir partido maior ainda que o PSL”, acrescentou o senador.

Bolsonaro enfrentava dificuldades na negociação com uma série de partidos porque exigia o comando da sigla. Para se filiar a uma nova legenda desde que deixou o PSL em 2019, o presidente não abriu mão de querer ter o poder de comando nos diretórios da agremiação que o acolhesse.

O Patriota aceitou correr o risco ao abrir as portas para o presidente, o que está provocando desentendimento entre alguns filiados.

O presidente e o vice-presidente do partido, Adilson Barroso e Ovasco Resende, respectivamente, tinham opiniões distintas sobre convidar Bolsonaro para fazer parte do quadro da legenda.

Adilson Barroso é um dos defensores da filiação de Bolsonaro e acredita que o partido será grande. Já Ovasco, é completamente contrário a filiação de Bolsonaro.