Tenda Atacado

Nesta segunda-feira (19), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou em entrevista a rádio CBN, que o estado está fazendo um levantamento da quantidade de motoristas e cobradores de ônibus para finalmente decidir se devem ou não ser incluídos no grupo prioritário de imunização.

Na entrevista, João Doria também garantiu que até o final deste ano toda a população do estado vai receber a vacina contra a Covid-19. O governador acrescentou que isso vai ser possível devido há uma aquisição de 30 milhões de doses junto ao Butantan, exclusivas a São Paulo.

Segundo João Doria, as doses serão entregues a partir de Outubro, após o instituto completar a distribuição dos cem milhões de unidades do imunizante ao Ministério da Saúde prevista no contrato.