Durante a manhã desta segunda-feira, 14, o presidente da república, Jair Bolsonaro (Sem Partido), novamente alfinetou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), durante conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

Ao ser questionado sobre a gestão do governador João Doria, o presidente disse:

“Ele tem sede de poder. Não consegue administrar o estado dele, quer administrar o Brasil?”

Ao ser questionado sobre a possibilidade do governador de Minas Gerais também ser o postulante ao cargo de presidente durante a eleição de 2022, Bolsonaro ressaltou que não vai discutir política no momento.

Bolsonaro aproveitou o momento e tirou foto com diversos apoiadores.