Doria anuncia R$ 84,3 milhões para obras em rodovia de Mogi Guaçu. E a alça ao Rodoanel em Suzano será autorizada quando?
Suzano e região continuam em uma fila de espera (que parece interminável) para receber a confirmação das obras da alça ao trecho Leste ao Rodoanel/ Foto: Governo do Estado de SP
Colégio Eduki

O governador João Doria esteve na cidade de Mogi Guaçu na quinta-feira, 10, para anunciar o início de obras de recuperação e pavimentação da rodovia SPI 177/342, principal ligação ao município vizinho de Itapira e que recebe mais de 6 mil veículos por dia.

O Governo de São Paulo vai investir R$ 84,3 milhões nos serviços promovidos pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

“É muito importante uma rodovia que recupera e amplia a ligação entre os municípios de Mogi Guaçu e Itapira, ela não só escoa a produção agrícola, mas também facilita o ir e vir das pessoas, melhorando a qualidade de vida”, declarou o Governador. “É o maior programa de recuperação de estradas vicinais do país e vem sendo realizado aqui em São Paulo”, acrescentou Doria.

Doria anunciou ainda a modernização de quatro estradas vicinais na região por meio do programa Novas Estradas Vicinais, que irá recuperar e modernizar, somente na primeira fase, 1.563 quilômetros de estradas de responsabilidade municipal em todas as regiões do Estado.

Nesta etapa inicial, o investimento total do Governo de São Paulo vai chegar a R$ 1,2 bilhão.

A rodovia SPI 177/342 é uma interligação da SP 342 (Mogi Guaçu) com a SP 352 (Itapira) e permite o acesso a cidades da região e outras rodovias de São Paulo.

As obras, que incluem a pavimentação dos acostamentos e implantação de faixas adicionais, serão feitas em 22,9 quilômetros, no trecho do km 0 ao km 22,9.

O investimento na rodovia entre Mogi Guaçu e Itapira vai gerar 292 empregos, entre vagas diretas e indiretas. A estimativa de conclusão da obra é de 24 meses.

Em Mogi Guaçu, o Governador também autorizou obras em quatro vicinais da região, com investimento somado de R$ 68,2 milhões em verbas do Estado.

São elas a BRO-040, em Brotas; a SGT-020, entre Santa Gertrudes e Rio Claro; a SGT-273, ligação ao Distrito Industrial, em Santa Gertrudes; e NV-20 CAC-020, ligação de Caconde à divisa de Muzambinho, em Minas Gerais.

As quatro vias estão incluídas na fase 1 do programa Novas Estradas Vicinais. Somente nesta etapa, o Governo de São Paulo vai gerar cerca de 15 mil empregos, entre vagas diretas e indiretas em diversas regiões do Estado. Até o final de junho, o Governo do Estado vai anunciar a fase 2 do programa.

Suzano e região seguem esperando pela obra da alça ao Rodoanel  

Além do anúncio feito nessa quinta-feira pelo governador do Estado sobre a realização de obras em rodovia e vicinais na região de Mogi Guaçu, na semana passada o vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia (PSDB), informou que o Estado tem R$ 7 bilhões para gastar esse ano em obras viárias.

Mesmo assim, Suzano e região continuam em uma fila de espera (que parece interminável) para receber a confirmação das obras da alça ao trecho Leste ao Rodoanel.

No final do mês passado o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) disse que em dez dias esse anúncio poderia ser feito pelo governo do Estado. Os 10 dias já passaram e a obra ainda não foi liberada.

Nesta semana o Jornal Oi voltou a questionar o deputado André do Prado (PL) sobre o assunto.

Ele reforçou a expectativa de que a novela sem fim da alça ao Rodoanel em Suzano deverá ter um final feliz nos próximos dias.

O Jornal Oi vai continuar cobrando o cumprimento dessa promessa pelo governo estadual.