Centerpex Cinemas Suzano Shopping

Durante o início de tarde desta terça-feira, 20, o vereador de Poá, Edinho do Kemel (Podemos), concedeu uma entrevista Ao Vivo no Jornal Oi e comentou sobre diversos assuntos, tais como, os primeiros cem dias de mandato da prefeita Marcia Bin, a votação do polêmico projeto 26/2021 durante a sessão desta noite e também realizou críticas a antiga gestão do prefeito Gian Lopes.

O polêmico projeto de lei 26/2021, foi sem dúvidas um dos assuntos mais aguardados pelos internautas. O projeto que recentemente foi enviado pelo executivo à câmara municipal, tem gerado debates e manifestações dos servidores públicos, haja vista, que deve congelar o vale alimentação destes profissionais durante o período de calamidade financeira.

O projeto será votado durante sessão extraordinária nesta terça-feira, 20, e segundo o vereador Edinho, pela divisão que vive atualmente o legislativo, o PL 26/2021 deve ter sua aprovação sacramentada ou empate na votação dos parlamentares.

“Nós temos atualmente um legislativo divido aqui em Poá, esse projeto de hoje é um exemplo. Estamos fazendo uma conta, pois são dezessete vereadores e pelos bastidores, o placar deve ser 8×7 ou 8×8. O que sabemos, é que o presidente da câmara não é favorável ao projeto.” Ressaltou Edinho.

Caso o placar da votação termine 8×7, o projeto será aprovado. Em caso de acontecer o placar sendo 8×8, o presidente da câmara, Diogo Pernoca (PTB), deve desempatar e tomar a decisão final favorável ou contrário.

Caso o projeto seja aprovado, segundo apurações de bastidores realizadas pela reportagem do Jornal Oi, os servidores públicos municipais devem realizar uma greve brusca no município. O Jornal Oi deve acompanhar durante a noite desta terça-feira (20), a votação e trazer os detalhes sobre a votação do projeto.