Enfermeiro de 49 anos é o 1º a receber a vacina da Covid em Mogi. Imunização dos profissionais de saúde segue nesta quinta
Davi é mogiano, vive desde que nasceu no Mogilar, e é enfermeiro há mais de 20 anos/ Foto: Eder Veiga/PMMC
Tenda Atacado

O enfermeiro Davi Chaves de Oliveira, 49 anos, foi o primeiro a receber a vacina em Mogi das Cruzes.  Ele recebeu a dose às 20h40 dessa quarta-feira, 20, no Hospital Municipal de Braz Cubas.

Davi é mogiano, vive desde que nasceu no Mogilar, e é enfermeiro há mais de 20 anos. Trabalha desde 2018 no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes, onde funciona o Centro de Referência do Coronavírus, e representou os profissionais de saúde que estão na linha de frente no cuidado às vítimas do novo coronavírus.

“Hoje é um dia histórico para mim: é 20 de janeiro de 2021 e eu nunca vou me esquecer essa data. A palavra certa para o momento é gratidão”, afirmou ele, que é portador de doença respiratória crônica, diabetes e hipertensão e atua no Pronto Socorro desde o início da pandemia.

Já chegou a ficar internado por problemas respiratórios, mas nunca pegou Covid, pois trabalha bem paramentado e com segurança.

O início da vacinação ocorreu na área do ambulatório do Hospital Municipal com a imunização dos primeiros profissionais.

“É um dia de vitória, um dia de esperança. Mas temos que manter a conscientização. É muito importante que as pessoas sejam responsáveis e respeitem o próximo, evitando qualquer tipo de aglomeração”, destacou o prefeito Caio Cunha.

Nesta quinta-feira, 21, além da continuidade da aplicação da vacina no Centro de Referência do Hospital Municipal, também será iniciada a distribuição para todas as unidades que possuem profissionais atuando na linha de frente. Para esta primeira etapa, Mogi das Cruzes recebeu 5.240 doses.

“Neste primeiro momento, por conta da quantidade reduzida, a prioridade é vacinar as equipes de saúde que estão na linha de frente do combate ao Covid-19, como profissionais que atuam nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI), hospitais e pronto-socorros. Nada mais justo, afinal são eles que garantem todos os cuidados”, acrescentou o secretário Henrique Naufel.

De acordo com o Plano Nacional de Imunização, a vacinação contra o novo coronavírus será realizada por etapas que serão informadas e realizadas de acordo com o envio de novas remessas de vacina pelo Governo do Estado.

Apesar do início da vacinação, o uso de máscara, distanciamento social e higiene das mãos continuam sendo fundamentais para a proteção de todos.