Creche municipal de Suzano produz livro de receitas para incentivar alimentação
Material foi produzido pelas cozinheiras da unidade com base em pratos já feitos para alunos/ Foto: Beatriz Camargo/Secop Suzano
INTS – O Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde

Com o objetivo de fortalecer o vínculo das famílias com a creche, as cozinheiras da Escola Municipal Darcy Corrêa Gonçalves criaram um pequeno livro de receitas, para que alunos e responsáveis possam produzir juntos e compartilhar momentos de união e de aprendizado, principalmente no Dia das Mães, celebrado no próximo domingo, 9.

O material impresso, chamado “Maravilhas de uma cozinha”, será entregue aos familiares dos estudantes em um drive-thru neste sábado, 8, na própria instituição, que fica na Vila Amorim.

A creche, que acolhe crianças de zero a três anos de idade, atende 195 famílias da região. O livro estimula a criação e a manutenção de hábitos alimentares saudáveis para as crianças, valorizando o momento da alimentação entre pais e filhos, onde os pequenos exploram novos sabores e despertam interesse pela comida.

A iniciativa foi idealizada pelas seis cozinheiras da unidade, que montaram o material educativo considerando os itens comuns da alimentação popular, de forma que todos possam replicar as receitas em suas casas e cumprir as atividades com a participação dos pequenos.

Os conteúdos foram produzidos com base em experiências desenvolvidas na própria escola, portanto todas as 27 receitas compiladas no material já foram aplicadas anteriormente na unidade, com recursos disponibilizados pela rede municipal de ensino.

O impresso também homenageia Roberto Nascimento e Clara Shiguemi, servidores do departamento de alimentação que faleceram recentemente e tiveram papel fundamental na formação de muitos alunos que passaram pela instituição.

Neste sábado, 8, ocasião onde ocorrerá o drive-thru de entrega dos livros, as educadoras da escola também estarão presentes para conversar com os responsáveis sobre o andamento do ensino remoto, de forma que possam acompanhar a evolução dos estudantes e as dificuldades que têm encontrado neste período de pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A medida é outra estratégia dos profissionais para estreitar os laços entre o setor da educação e as famílias, observando de perto o desenvolvimento dos alunos e suas necessidades.

Segundo o diretor da unidade, Roverson Rodrigues Ferreira, a alimentação de qualidade é parte fundamental do processo de educação infantil e fortalece o aprendizado das crianças.

Segundo ele, um segundo volume do projeto já está sendo produzido pelas merendeiras, que se empenharam nesta primeira edição e já estão empolgadas para dar continuidade.

“O protagonismo é totalmente delas, suas experiências tematizaram o livro. Com isso, nos tornamos presentes no cotidiano das crianças e podemos contribuir para que o momento de alimentação seja agradável, divertido e lúdico, estimulando o hábito em família”, afirmou o diretor.

O secretário municipal de Educação, Leandro Bassini, parabenizou a atitude exemplar das seis cozinheiras, que trazem orgulho para toda a cidade.

Segundo ele, a pandemia da Covid-19 trouxe muitos desafios para o setor, mas os profissionais da educação mantêm um trabalho constante para apoiar as crianças.

“Iniciativas como essa reforçam a importância do papel da escola na formação das crianças. Além de ajudar no processo educativo e na criação de hábitos saudáveis, é um estímulo para unir mais ainda os pequenos e seus responsáveis. Somos muito gratos por esta linda atitude”, concluiu Bassini.