Condemat informa que a cidades da região vão receber 28.6 mil doses de vacina da Covid até amanhã
No Alto Tietê, a expectativa é de que o imunizante chegue aos municípios entre terça-feira, 19, e quarta-feira, 20, com início imediato da vacinação preferencialmente nos próprios locais de trabalho ou outros prédios públicos estipulados para o grupo de trabalhadores, de acordo com as estratégias montadas por cada secretaria municipal de saúde/ Foto: Divulgação
Tenda Atacado

Os municípios da região do Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê) que estão na Grande São Paulo receberão nesta semana 28.600 doses da vacina contra a Covid-19.

Neste primeiro lote de vacina, o público-alvo são trabalhadores da saúde, porém o quantitativo representa apenas 40% da necessidade dos municípios, tomando como base a campanha da Influenza de 2020.

Essas informações foram transmitidas pela direção do consórcio que é presidido pelo prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi  (PL).

Nesta primeira remessa, Guarulhos terá direito à 13.680 doses; seguido por Mogi das Cruzes, que receberá 5.240 vacinas; o município de Suzano receberá 2.800 doses; em Itaquaquecetuba o quantitativo é de 1.880 doses; Ferraz de Vasconcelos receberá 1.840 imunizantes; em Poá serão 1.440 doses; Arujá receberá 720 doses; os municípios de Santa Isabel, Guararema, Biritiba Mirim e Salesópolis, receberão menos de 500 doses, totalizando respectivamente 440, 300, 160 e 100 doses da vacina para cada um dos municípios.

Santa Branca, que é consorciado ao Condemat, fica no Vale do Paraíba, região não contemplada neste primeiro lote.

No Alto Tietê, a expectativa é de que o imunizante chegue aos municípios entre terça-feira, 19, e quarta-feira, 20, com início imediato da vacinação preferencialmente nos próprios locais de trabalho ou outros prédios públicos estipulados para o grupo de trabalhadores, de acordo com as estratégias montadas por cada secretaria municipal de saúde.

Além dos trabalhadores da saúde, o plano nacional de imunização estabelece os idosos que vivem em asilos como grupo prioritário.

Todas essas vacinas deverão ser usadas como primeira dose no grupo a ser imunizado. Em anúncio realizado na noite de segunda-feira, 18, o Governo do Estado garantiu que a segunda dose para esse público chegará a tempo de ser aplicada dentro dos 21 dias preconizados para a CoronaVac.

Com o quantitativo de doses insuficiente para o primeiro grupo, o presidente do Condemat, Rodrigo Ashiuchi falou sobre os desafios para cada município na administração das doses.

“Este primeiro lote que os municípios vão receber representa menos da metade da necessidade para imunização dos trabalhadores da saúde e asilados. É muito difícil para os municípios administrarem isso e cada um terá de analisar as suas necessidades, mas entendemos que neste primeiro momento a prioridade são os trabalhadores que estão atuando diretamente na assistência aos pacientes que têm a doença ou suspeitas graves, nos hospitais e unidades de pronto atendimento”, disse.

A coordenadora da Câmara Técnica de Saúde do Condemat, Adriana Martins, explicou que ainda não há previsão do envio de novas remessas de vacina para ampliar a vacinação tanto para os trabalhadores da saúde, como também para os idosos em geral e indígenas.

Por isso, a recomendação é para que a população aguarde as divulgações oficiais das prefeituras e evitem o deslocamento às unidades de saúde.

“A vacina é apenas uma condição para melhorarmos este quadro pandêmico, porém não tem efeito imediato. O trabalho preventivo continua a ser a nossa melhor arma contra a disseminação do vírus, por isso, é fundamental que as pessoas continuem fazendo isolamento social, utilizando máscaras e álcool em gel”, reforçou.

Nesta semana o Governo do Estado lançou a plataforma virtual de pré-cadastro para o público prioritário da campanha de vacinação, o site www.vacinaja.sp.gov.br, o que gerou ainda mais expectativa na população ocasionando o congestionamento do site.

Apesar de agilizar a campanha em todo o Estado, a coordenadora explica que o acesso e cadastro ao site não é obrigatório.

“O pré-cadastro não é agendamento e não é garantia de vacina. Quem faz parte dos grupos prioritários no decorrer das etapas irá receber a vacina no momento certo”, explicou a coordenadora.

A direção do Condemat continua defendendo a inclusão de profissionais da Educação, Segurança e Assistência Social no grupo prioritário da vacinação.

DOSES PARA O ALTO TIETÊ

MUNICÍPIO

QUANTIDADE

Arujá

720

Biritiba Mirim

160

Ferraz de Vasconcelos

1.840

Guararema

300

Guarulhos

13.680

Itaquaquecetuba

1.880

Mogi das Cruzes

5.240

Poá

1.440

Salesópolis

100

Santa Isabel

440

Suzano

2.800