Com pacientes esperando cirurgias desde 2013, Arujá promete mutirão para atender até 2 mil pessoas
Para o prefeito Luis Camargo, o Dr. Camargo, toda ajuda que vier em benefício da população arujaense é sempre bem-vinda e o Executivo só tem a agradecer por todo o apoio/ Foto: Divulgação
Campanha Tudo novo

A prefeitura de Arujá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, prepara um Mutirão de Cirurgias, que terá início em breve, após concluídos todos os trâmites burocráticos, com o intuito de zerar a fila de espera de munícipes que aguardam por procedimentos cirúrgicos diversos, desde 2013, e que se encontram hoje aguardando vaga via Cross (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde), vinculado ao Estado.

O prefeito Dr. Camargo e o vice-prefeito Betinho receberam na tarde de quarta-feira, 22, no Gabinete, a visita do deputado federal Júnior Bozzella (que enviou emenda de R$ 15 milhões destinada à Saúde, mas já enviou, ao todo, mais de R$ 21 milhões para Arujá) e do ex-deputado Luiz Carlos Gondim, além do vereador Reynaldinho, onde foram discutidas várias melhorias em benefício da cidade.

Pelo Mutirão das Cirurgias a ser viabilizado pela Prefeitura, que foi elaborado pela Secretaria de Saúde, junto ao Conselho Municipal da Saúde, será feita uma parceria com hospitais privados da cidade ou região, que se interessarem pela tabela de preços que o Executivo Municipal pagará pelas cirurgias (onde será utilizada a verba da emenda), que é maior que a do SUS e próxima ao valor pago por operadoras de planos de saúde, para ir zerando a fila de espera dos arujaenses.

Para o prefeito Luis Camargo, o Dr. Camargo, toda ajuda que vier em benefício da população arujaense é sempre bem-vinda e o Executivo só tem a agradecer por todo o apoio.

“O deputado federal Bozzella já enviou para nós R$ 3,5 milhões para custeio da média e alta complexidades, R$ 1 milhão para a pavimentação da avenida Ângelo Anunziato e agora mais R$ 15 mi para a Saúde, que serão utilizados para zerar a fila por cirurgias. Sem dúvida, isso é muito importante para todos nós”, afirmou.

O secretário municipal de Saúde Leonardo Reis complementou que foi feita uma busca ativa de todas as demandas por procedimentos cirúrgicos dos munícipes de Arujá, que estão na fila do Cross desde 2013, e que a intenção é que essa fila seja zerada em pouco tempo, por meio da parceria com hospitais privados.

“São cerca de 2 mil pessoas de Arujá na fila. Cada cirurgia tem sua característica, mas a ideia é que sejam realizadas dentro da cidade ou na região ou, em casos mais complexos, na Capital, onde conseguirmos firmar essas parcerias com a iniciativa privada. Os procedimentos abrangem desde cirurgias gerais, ginecológicas, ortopédicas, oncológicas, enfim, diversas especialidades”, observou.

O deputado Júnior Bozzella comentou que tem auxiliado Arujá há tempos e que observa que as ações têm sido executadas com êxito.

“Faço todo esse trabalho de peregrinação, literalmente, para conhecer a realidade das cidades, os propósitos do Executivo e dos grupos administrativos e fico seguro em mandar os recursos, porque vejo que as coisas acontecem de verdade, na prática, e que o dinheiro é aplicado com muita eficiência e transparência e isso nos deixa muito confortáveis em continuar ajudando a cidade e buscando cada vez mais recursos”, pontuou.

A emenda e sua destinação foram votadas nessa quinta-feira, 23, na Câmara e aprovadas e agora haverá a deliberação da Saúde de mais alguns documentos de praxe, para que o Mutirão das Cirurgias seja colocado em prática em breve.