CEI descobre o que ‘todos já sabiam’ e diz que a prefeitura de Itaquá deve investigar a Sabesp
O vereador Sidney Santos falou sobre os trabalhos da CEI/ Foto: Divulgação
Centerpex Cinemas Suzano Shopping

A Comissão Especial de Inquérito (CEI), da Câmara de Itaquá, criada para apurar os serviços prestados pela Companhia Paulista de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), conclui seu trabalho e apresentou um relatório final, que foi votado e aprovado durante as últimas duas sessões ordinárias.

Em resumo, a CEI identificou duas obras atrasadas no município e graves falhas na recuperação do asfalto após serviços de manutenção realizados por empresas terceirizadas pela Companhia, que comprometem a qualidade da malha viária.

A CEI encaminhou o relatório à prefeitura e sugeriu que seja formada uma comissão permanente pelo Poder Executivo para fiscalizar e acompanhar os trabalhos da Sabesp em Itaquaquecetuba.

Durante 180 dias, a CEI realizou reuniões entre os vereadores; vistorias feitas em estações de tratamento e obras da empresa; solicitou oficialmente documentos e informações; além de convocar reuniões com representantes da Sabesp, sendo duas delas realizadas no Plenário da Câmara.

O relator da comissão, vereador Diego Gusmão Silva (Avante), o Diego Estilo Raro, lembrou que a CEI não condena, mas apenas investiga e passa as informações ao Poder Executivo, que é quem mantém contrato com a Sabesp.

O presidente da comissão, vereador Fábio Aparecido Burgue (PP), o Fábio do Açougue, acredita que a Câmara cumpriu seu papel de representar a sociedade e investigar as irregularidades, tendo provas suficientes para mostrar que os serviços da Sabesp precisam melhorar em Itaquaquecetuba.

O membro da CEI, vereador Sidney Galvão dos Santos (PP), o Cantor Sidney Santos, falou sobre o encerramento dos trabalhos da comissão durante a última sessão.

“Daqui pra frente, a Prefeitura tem que investigar a Sabesp. Nós vamos continuar de olho. Aqui vai um recado para outras empresas: Se não cumprir com o seu dever com a população, nós vamos pra cima, até fazer a coisa certa”, concluiu o parlamentar.