Câmara de Suzano coloca o projeto do Refis para tramitar e homenageia a imigração japonesa
A propositura foi lida na sessão dessa quarta-feira e será encaminhada às Comissões Permanentes para análise/ Foto: Raziel Ueda/Câmara de Suzano

O projeto de lei complementar que institui o Programa de Recuperação e Estímulo ao Pagamento de Débitos Fiscais (Refis) 2021 começará a tramitar nesta quinta-feira, 17, na Câmara de Suzano.

A propositura foi lida na sessão dessa quarta-feira, 16, e será encaminhada às Comissões Permanentes para análise.

Em maio, o vereador Leandro Alves de Faria (PL), o Leandrinho, solicitou, por meio de um requerimento, a realização deste programa que facilita o pagamento de dívidas municipais.

O parlamentar também havia pedido a antecipação da ação, já que geralmente acontece no segundo semestre de todo ano.

Os parlamentares aprovaram seis itens nessa quarta-feira: o projeto de lei complementar que atualiza o Plano Municipal de Educação, de autoria do Executivo (foi aprovado com uma emenda aditiva); o  projeto de lei, de autoria do vereador Rogerio Castilho (PSB), que institui em Suzano o Projeto de prevenção da violência doméstica com a estratégia de Saúde da Família; o projeto de lei, de autoria da Mesa Diretiva da Câmara, que altera a lei municipal nº 5186 de 2019; a moção de apoio, de autoria do vereador Leandrinho, para a ampliação do prazo da instituição da “taxa do lixo” e a moção de aplauso, de autoria do vereador Marcos Antonio dos Santos (PTB), o Maizena, para o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

Imigração

Os vereadores aprovaram ainda uma moção de aplausos de autoria do parlamentar Artur Takayama (PL) destinada à colônia japonesa pelos 113 anos da Imigração no Brasil.

“Não posso deixar esta data tão especial passar em branco”, disse o vereador ao discursar na Tribuna e exibir um vídeo com fotografias das entidades japonesas da cidade. “É uma singela homenagem”, afirmou o parlamentar.